Nepal: tudo que você precisa saber antes de viajar

por Flávio Mendes
Thamel

O Nepal com certeza foi um dos países mais exóticos e o que eu tive o maior choque cultural até hoje. Apesar de não ocupar nem 1% da área do planeta terra, é dono das 8 maiores montanhas do mundo, guarda uma infinidade de espécies de animais, plantas e tem uma cultura riquíssima.

Lembro de ouvir sobre sua capital Kathmandu no desenho as aventuras de TinTIn e desde la, sempre tive vontade de conhecer. O Nepal fica entre a China e a Índia, sendo um dos menores e também um dos países mais pobres do mundo.

Sabia que o Seguro Viagem Ásia é muito importante?

O continente asiático é responsável pelo maior número de acionamentos do Seguro Viagem. Muita gente acaba passando mal, seja pela alimentação ou pelo calor excessivo que faz por lá. A Seguros Promo é um comparador de seguro viagem que tem o melhor preço garantido. Ela trabalha com as melhores empresas de seguro viagem do mercado.

FAZER COTAÇÃO

Como chegar no Nepal

Não existem voos diretos saindo do Brasil. As principais cias aéreas que voam do Brasil para o Nepal são a Turkish Airlines e a Qatar Airways, sendo necessário fazer escalas no caminho.

Quando ir pro Nepal

Entre dezembro e fevereiro é o inverno do Nepal. Os céus estão mais limpos, mas as temperaturas ficam negativas. De fevereiro a abril é a primavera, a segunda melhor época do ano, principalmente para fazer trekking. A poeira pode atrapalhar um pouco na visibilidade das montanhas.

Já de maio a junho é o período mais quente do Nepal (verão) com temperaturas altas. A poeira e poluição poderão atrapalhar na visibilidade das montanhas. De junho a setembro as monções (chuvas) castigam o país. De outubro a dezembro é outono do Nepal e a melhor época para conhecer o país e fazer trekking, já que as chuvas do período anterior fizeram toda poluição e poeira baixar. 

Religião e cultura

O Budismo e o Hinduísmo são as religiões mais praticadas do país. A maior parte da população é Hindu e o restante da população faz parte do Islamismo, Cristianismo, Sikhismo entre outras.

Pobreza e cortes de luz

Bairro de Thamel - Kathmandu

Bairro de Thamel – Kathmandu

O Nepal é um dos países mais pobres do mundo. Cerca de 80% da população vive apenas com U$ 2 por dia. É visível a condição do país, que além de ser extremamente pobre, ainda sofre com catástrofes, como terremotos.

É difícil achar ruas asfaltadas na capital do país e a poeira toma conta do ar, que é extremamente poluído. Boa parte da população e dos turistas usam máscaras para evitar a contaminação causado por essa poeira.

Leia também: Como planejar um trekking por conta própria no Himalaia

Doenças pulmonares são normais no país. O Nepal tem aquela coloração marrom, não só pela poeira que paira no ar, mas também por causa de suas construções inacabadas..A luz é cortada diariamente diversas vezes ao dia e em alguns lugares, como na Thamel, não existem postes nas ruas.

Tudo isso, junto ao trânsito caótico, causado não só pelo excesso de carros, mas pela falta de calçadas para os pedestres, faz com que carros, motos, carroças, vacas e pessoas, usem a mesma rua para se locomover.

Mas nem por isso o país deixa de ser seguro. Sua população é muito religiosa e mesmo passando por tudo isso, foi um dos povos mais alegres que conheci pelo mundo.

Estradas e transporte

Estradas do Nepal

Estradas do Nepal

As estradas do Nepal são totalmente degradadas. Muitas delas são feitas de terra e a quantidade de buracos é assustadora. Sem contar que algumas delas passam pela beira de abismos, sem proteção alguma.

Se locomover por poucos quilômetros pode se tornar um fardo. Uma viagem que duraria 2 horas em estradas comuns, chega a dura 10 horas no Nepal. Já até falei sobre isso quando fui fazer o trekking de Langtang.

Os ônibus intermunicipais são pequenos e desconfortáveis. Utilizei eles quando fui fazer o trekking e quando fui até Pokhara. Se sua intenção é utilizar ônibus e vans para pequenas distâncias, como para conhecer Patan e Bhaktapur, eles custam muito barato e valem muito a pena.

Os taxis não possuem taxímetro e a pechincha é bem aceita. Com certeza é o meio de transporte mais rápido, confortável e também o mais caro do país.

Visto

Visto Nepal

Recibo do visto do Nepal

O visto do Nepal é tirado no próprio aeroporto no momento da chegada. Também é possível tirar na embaixada do Nepal em Brasília, só que é muito mais trabalhoso. Ele custa U$ 25 para 15 dias, U$ 40 para 30 dias e U$ 100 para 90 dias de estádia no país. Já escrevi um passo a passo aqui no blog contando como tirar o visto.

Moeda

Rúpia Nepalesa

Rúpia Nepalesa

A moeda do Nepal é a Rúpia Nepalesa (NPR ou Rs), valendo R$ 1,00 = 33 NPR. Se preferir converter de Dólar para NPR, ela vale cerca de U$ 1,00 = 100 NPR, variando pouco até 102 NPR. Para facilitar a conversão eu arredondava o valor.

A moeda brasileira não é trocada nas casas de câmbio do país. Os ATMs não estão presentes em todos os locais, sendo achados com mais facilidade em Kathamandu e Pokhara. Os cartões de créditos são aceitos em lojas grandes, principalmente de trekking e em bons restaurantes.

Língua

A língua falada no Nepal é o Nepali, sendo bem parecido com o Hindi. Outros dialetos provenientes dessas línguas também são falados no país, chegando aos 120 tipos. O inglês é bem aceito nas principais cidades do país e não será um problema.

Internet e telefonia

O wifi do país não é bom, mesmo nos hotéis mais caros do país. Quando falta luz a internet costuma cair junto, mas muitas vezes continua funcionando. A companhia de 3g mais famosa do país é a Ncell, que cobre boa parte do Nepal e funciona bem.

Leia também: Trekking Langtang no Himalaia: todos os detalhes e roteiro dia a dia

É possível carregar o celular a partir de 50 NPR e já sair usando a internet. Para comprar o chip é preciso levar seu passaporte para fazer o cadastro. O chip é vendido em alguns lugares, mas a recarga pode ser comprada em qualquer loja de eletrônicos e mercadinhos.

Segurança no Nepal

O Nepal é um país seguro, ainda mais se comparado com seus vizinhos asiáticos. Mas como em qualquer lugar do mundo golpes podem acontecer. É bom tomar cuidado na hora de usar cartões de crédito que são frequentemente clonados.

Golpes como a venda de pedras preciosas ou crianças vendendo leite também são alertados pelo itamaraty. Em momento algum me senti intimidado e nem ninguém tentou tirar proveito em cima de mim,

Higiene e doenças

Dal Bhat - Nepal

Dal Bhat, um dos principais pratos do Nepal

A higiene no Nepal é algo para se levar a sério. Não se deve tomar água de torneira e evitar comer saladas cruas e frutas com casca. Tudo é manipulado direto com a mão, não havendo muito cuidado com a higiene.

Vacinas como da Hepatite A, que é transmitida pela água e alimentos contaminados e da Febre Tifóide são recomendadas. Evitar locais e alguns tipos de comida de rua também ajudam. Sempre bom pensar no bom senso na hora de escolher o local para comer. Eu mesmo não fiquei mal nenhuma vez, durante meus dias pelas cidades e nem durante o trekking.


Gostou do post? Então deixa seu comentário aí embaixo!!


Contrate seu passeio no Nepal


Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest
13 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Zeni
Zeni
1 ano atrás

Salvei teu post!! Ele vai me acompanhar em 2023 quando eu estiver no Nepal.
Muito obrigada Flávio

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Zeni

Oi Zeni, que coisa boa!! Esperamos que sua viagem seja ótima!!

Marcelo
Marcelo
1 ano atrás

Ops, mais uma pergunta, Flávio: como faço para tirar o visto? Eu resido em São Paulo. Obrigado.

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Marcelo

Oi Marcelo, existem algumas formas de tirar o visto. Nós falamos sobre isso num artigo aqui no blog sobre Como tirar o visto do Nepal. Dá uma olhada lá e veja qual é a melhor opção para você e sua viagem. Quanto ao custo, tudo é relativo, pois cada viajante procura uma experiêcia diferente e tem um estilo de viagem diferente, mas não se preocupe, pois os custos de lá são baixos. Acesse o nosso artigo sobre Quanto custa viajar para o Nepal para ver os valores e gastos que Flavio teve durante a viagem.

Estamos viajando pelo mundo desde 2015 e mostrando tudo para vocês aqui no Viaje Leve. Quer conhecer o mundo de uma forma diferente? Vem com a gente que te mostramos!

Sobre o Blog

Brasil

ViajeLeve.net © 2015 - 2024. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

13
0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x