Como fazer o TIMS Card e a permissão para trekking do Nepal

por Flávio Mendes
Permissão para trekking

O trekking nos Himalaias é uma das coisas mais procuradas pelos turistas que viajam ao Nepal, mas para isso é preciso antes ter uma permissão para trekking. Fazer um trekking no Nepal vai ser uma experiência que você vai guardar pra vida toda. 

Além da permissão, também é necessário fazer o TIMS Card, um cartão que serve de registro para trekkers. É nele que fica registrado todas as suas informações. É bem fácil fazer a permissão para trekking e o TIMS Card (Trekker’s Information Managemente System) e vou explicar o passo a passo nesse post.

Nepal Tourism Board

Esse é o local que você terá que ir para fazer seu TIMS Card e sua permissão para trekking. Existem duas unidades: uma em Kathmandu, a capital e outra em Pokhara. Eu mesmo fiz tudo em Kathmandu, mas para quem não tem muito tempo na cidade ou que vai direto pra Pokhara, tem essa outra opção. Pokhara é a cidade de partida para o trekking de Annapurna.

Nepal Tourism Board em Kathmandu

Nepal Tourism Board em Kathmandu

No mapa abaixo você poderá achar as duas unidades.

Como fazer o TIMS Card

Esse cartão é essencial para a prática do trekking e sem ele você nem passa pelo controle. Para faze-lo, será necessário preencher uma ficha com seus dados. Na ficha consta informações como nome, passaporte, contato em caso de emergência, seguro viagem, sua rota de trekking e outras coisas mais.

Permissão para trekking

Ficha do TIMS Card

Essa ficha deve ser entregue no guichê do TIMS Card, junto com duas fotos 3×4. O TIMS Card custa 2000 Rupias (U$20). Esse cartão foi adotado pelo governo do Nepal diante a muitos acidentes que ocorriam, onde não era possível localizar pessoas perdidas durante o trekking ou em caso de acidentes.

Como tirar a permissão para trekking

Após ter feito seu TIMS Card e pagado a taxa, você vai ter que ir até um dos guichês para mostra-lo e pagar a taxa da permissão do trekking. Existe um guichê para cada tipo de trekking e esses estão indicados por placas com o nome. A taxa varia de trekking para trekking e recentemente essas taxas mudaram de valor. A permissão para trekking vai ser grampeada em seu TIMS Card (papel amarelo) e depois do trekking a metade será destacada pelos guardas, como o da foto.

Taxa das áreas de conservação

Algumas áreas são de conservação ambiental sendo necessário pagar uma taxa por isso. Para isso, é necessário uma cópia do passaporte e uma foto 3×4. A taxa da área de conservação custa 2000 Rupias (U$20) e se aplicam para:

  • Annapurna Conservation Area (ACA)
  • Manaslu Conservation Area (MCA)
  • Gaurishankar Conservation Area (GCA)

Taxas dos parques nacionais

Além da taxa anterior, é necessário pagar a taxa para os parques nacionais. A taxa para os parques nacionais custam 3000 Rupias (U$30) e se aplicam para:

  • Sagarmatha NP (Everest)
  • Langtang NP
  • Makalu Barun NP
  • Rara NP
  • Shey-Phosundo NP
  • Chitwan NP
  • Khaptad NP
  • Bardiya NP
  • Shivapuri NP

Fora isso, ainda existe outra taxa para quem vai à Terai Region, já que esse possui diversos parques nacionais. Dentro dele existem as reservas de Shukla Phanta, Koshi Tappu, Parsi e que custam 1000 Rupias (U$10) por dia. Ainda existe uma última reserva de caça chamada Dhorpatan que cobra 3000 Rupias (U$30) de taxa.

Langtang, o trekking que fiz

O trekking que fiz foi o de Langtang, então tive que pagar apenas a taxa do parque nacional de Langtang que custou 3000 Rupias + 13% VAT que saiu no total 3390 Rupias (U$33,90). Antigamente essas taxas eram muito mais baratas e cobradas por semana de trekking. Não sei ao certo porque isso mudou, mas agora está dessa forma.

Controle de trekking

Eu passei diversas vezes pelo controle de trekking enquanto ainda estava na estrada. Foi pedido tanto o passaporte quanto a permissão de trekking, 3 vezes, até chegar no ponto de partida. No cartão diz que pode ser a cópia de passaporte para aqueles que não querem arriscar levar o original. Eu mesmo normalmente deixo meu passaporte sempre no hotel, mas acabei levando em caso de emergência.


Gostou do post? Então deixa seu comentário aí embaixo!!


Contrate seu passeio no Nepal

 


Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest
4 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
andre
andre
4 anos atrás

Pra fazer o trekking do everest base camp é obrigatorio a contratação de um guia???

Marcelo
Marcelo
5 anos atrás

Olá, bom dia ! Por favor, então para quem for fazer o Base Camp Everest tem que pagar as taxas de $20,00 + $ 30,00 dólares + Tim Card $ 20,00 dólares ? ou seria somente $20,00 + $ 30,00 ? Fiquei confuso com essas taxas. rsrsrsrs

Estamos viajando pelo mundo desde 2015 e mostrando tudo para vocês aqui no Viaje Leve. Quer conhecer o mundo de uma forma diferente? Vem com a gente que te mostramos!

Sobre o Blog

Brasil

ViajeLeve.net © 2015 - 2024. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

4
0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x