Visto do Japão negado: Dicas de como não perder dinheiro

por Flávio Mendes
Visto do Japão negado

Ter o visto do Japão negado pode ser uma experiência frustrante e estressante para qualquer pessoa que planeja visitar o país. Infelizmente, essa foi a realidade que tivemos que enfrentar durante a organização da nossa viagem de volta ao mundo, por isso achamos necessário compartilhar tudo que aconteceu.

Neste artigo, não queremos ensinar como obter um visto para o Japão, mas sim deixar algumas dicas valiosas que podem ajudar você e outros viajantes. Também não somos uma empresa de visto, são apenas informações para você evitar o mesmo cenário negativo que nós enfrentamos. Afinal, aprender com as experiências dos outros pode ser uma maneira eficaz de evitar obstáculos desnecessários durante uma viagem internacional.

Sabia que o Seguro Viagem é super importante numa viagem para a Ásia?

O continente asiático é o responsável pelo maior número de viajantes com intoxicação alimentar e insolação. A gastronomia é muito diferente da nossa, feita com temperos fortes, a higiene não é tão levada a sério e o calor é excessivo. Por isso, indicamos o nosso parceiro Seguros Promo que é um comparador de seguros que garante os melhores preços. Faça uma cotação e conheça excelentes seguros para a sua viagem, ganhando 15% de desconto usando o código VIAJELEVE15.

QUERO UM ORÇAMENTO

Neste post você vai ver: 

Como tirar o visto do Japão

Antes de começar a falar sobre a nossa experiência com o visto do Japão negado, é importante que você entenda como é o processo para fazer o documento, caso ainda vá aplicar. Esse processo inicial acaba sendo o mesmo, independente do tipo de viagem que você realize, mas durante todo o artigo falaremos sobre nossa experiência quanto ao visto de turismo com permanência de menos de 90 dias. 

Dessa forma, é necessário que você se planeje e faça a solicitação do seu visto com certa antecedência. Providencie documentos como passaporte, comprovante de renda, roteiro e seguro viagem para o Japão, por exemplo. Em seguida, deve preencher o formulário online e aguardar a resposta do consulado ou embaixada japonesa para realizar o pagamento.

Dicas básicas para não ter visto do Japão negado

Templo em Kyoto, Japão
Templo em Kyoto  | Foto: Nuno Antunes via Unsplash

O visto do Japão foi um dos mais chatos que precisamos tirar até hoje e sem dúvida um dos mais rigorosos, pelo menos comparado ao visto da China que fizemos na mesma época. Isso porque há uma grande exigência quanto à documentação que inclui um roteiro completo de viagem com informações sobre cada hotel e a passagem de chegada e saída do país.

No entanto, apesar das informações fornecidas pelo site do consulado japonês, não há uma descrição do quanto é exigido como comprovação financeira, principalmente para uma longa viagem como a nossa. Planejamos ficar 40 dias no país, mas não recebemos orientações claras sobre o valor financeiro necessário por dia para cobrir nossos gastos.

Veja a seguir algumas dicas e erros que cometemos para não fazer o mesmo na hora de aplicar o seu visto do Japão.

Dica 1 – Não compre a passagem aérea, faça uma reserva

Para tirar o visto para o Japão é necessário que tenha os dados da passagem aérea em mãos, ou seja, você não precisa comprar a passagem antes de dar entrada no visto, pois o mesmo corre o risco de ser negado e você perderá a passagem. Sendo assim, nossa primeira dica é que faça apenas uma reserva, ainda mais com a opção de fazer o visto online, que dá 90 dias de antecedência da sua viagem. 

Algumas companhias aéreas permitem que você reserve a passagem, por uma taxa, para ser paga por completo depois. Isso quer dizer que a sua passagem fica no sistema da empresa por um tempo predeterminado para você decidir se vai ficar com aquela passagem ou não, por aquele preço que reservou.

Em nosso caso, o Japão era o primeiro destino de muitos que estavam no roteiro de volta ao mundo, porém a passagem aérea com saída do Brasil foi em direção a Xangai, na China. Para entrar no Japão, tivemos que comprar uma passagem aérea saindo de Xangai, com uma cia aérea de baixo custo, que não faz apenas reservas e normalmente não gera reembolso da passagem, caso aconteça algum problema desse tipo. 

Para sair do Japão fizemos a mesma coisa, já que íamos de lá para a Coréia. Portanto, se sua intenção é encaixar o Japão no meio de um mochilão, como a gente, acesse algum site de reserva de passagens como a 12Go, que é de confiança e veja se tem a opção reservas para comprar posteriormente.

Dica 2 – Crie um roteiro de acordo com sua comprovação financeira

A comprovação financeira é uma das exigências para fazer o visto. Então, para você não ter o visto do Japão negado, tenha certeza que comprovar um bom valor. Isso vai além de mostrar os seus documentos como holerite e imposto de renda, pois é necessário mostrar a conta bancária, investimentos e outros.

Quando questionamos qual o valor necessário por dia de viagem, o agente da embaixada não me respondeu. Ele alegou que não podiam passar esse tipo de informação. No entanto, já vimos relatos na internet que é necessário comprovar, no mínimo, o equivalente a US$100 por dia de viagem em sua conta bancária pelos últimos 6 meses. Como nosso roteiro era extenso e já tínhamos comprado dólar em papel moeda, acreditamos que esse foi um dos motivos da reprovação, pois não havia quase nada na conta.

Mesmo sabendo que o Japão é um país caro, nosso estilo de viagem seria minimalista, mas é claro que não dissemos isso para os oficiais. É possível citar a casa de amigos no roteiro, como Couchsurfing, mas é preciso ter a documentação e endereço de cada um.

Dica 3 – Fique atento as informações do agente

Visto do Japão negado
Visto do Japão negado

Mesmo com a passagem comprada e todos os documentos em ordem, a comprovação financeira acaba sendo uma das mais importantes. Em nosso caso, mostramos a comprovação de renda através do holerite de trabalho e imposto de renda. No entanto, na hora da entrega de documentos, nos foi avisado que o da Andressa não era suficiente e mesmo assim entregamos. 

Portanto, se o agente da embaixada ou consulado te avisar que é provável que você não vá conseguir, não aplique. Marque outra data, tenha todos os comprovantes de renda em mãos com valores mais altos. Além disso, vale comentar que dependendo da idade do aplicante, não tem como comprovar renda através de contas e imposto de renda dos pais, por exemplo, tampouco do(a) parceiro(a) se não forem casados.

Ela aplicou para o visto mesmo tendo esse aviso, já que nunca teve nenhum visto negado e tem o passaporte com diversos carimbos, mas infelizmente não foi suficiente. A questão financeira tem um grande peso para tirar o visto do Japão, e acreditamos que é um dos principais motivos para negar a entrada de tanta gente.

Como hoje existe a opção de fazer o visto online, só recomendamos que aplique dessa forma, se você tem certeza que tem todos os documentos. Tenha também os valores para comprovar e informações suficientes que comprovem que está indo ao Japão apenas a turismo.

Dica 4 – Se prepare com antecedência

Bem, como você já viu, o preparo para fazer o visto do Japão é de pelo menos 6 meses. Isso porque a comprovação do dinheiro que você tem em conta bancária deve ser desse período. Então, se você pretende viajar para o Japão em junho, por exemplo, deixe os valores em sua conta bancária com mais do que o mínimo exigido desde janeiro.  

Lembre-se que mesmo havendo movimentação na sua conta bancária, você nunca deve passar abaixo do mínimo. Depois do visto aprovado, você pode comprar papel moeda, comprar dólar em sua conta bancária ou transferir para uma conta multimoedas como a Wise, por exemplo, portanto que esteja em seu nome. Afinal, o agente de imigração da chegada no país pode pedir todos os seus documentos novamente.

Quanto tivemos a experiência do visto do Japão negado, a regra era de aplicar com um mês de antecedência da viagem. Porém, hoje em dia é diferente e você pode aplicar online com 90 dias de antecedência, pois terá tempo de receber a resposta e realizar o pagamento num consulado ou embaixada.

Por fim, vale comprar que quando o visto do Japão é negado, só é possível reaplicar 6 meses depois. Sendo assim, toda a programação tem que ser feita também pensando nisso. Você pode comprar as passagens na 12Go observando se tem direito a remarcação ou reembolso, assim como reservar os hotéis no Booking.com com cancelamento gratuito.

Visto do Japão negado: Recapitulando nossas dicas

  1. Não compre a passagem aérea, faça a reserva e assim que tiver a confirmação do visto, vá e compre;
  2. Não crie um roteiro maior do que você possa custear e comprovar;
  3. Se disserem que é provável que seu visto não será aprovado, não aplique. Veja se consegue alguma documentação que comprove mais fundos e volte outro dia.
  4. Leve tudo que comprove sua renda, ou seja, holerite, investimentos e imposto de renda, por exemplo, são o básico. Eles pedem tudo mesmo!

Leia também: Ilha de Lantau em Hong Kong, um destino pouco explorado.

Seguro viagem para o Japão

Sabemos que é importante contratar um bom seguro em todas as viagens, mas em uma viagem pelo Japão é mais importante ainda, pois é uma exigência do país. Além disso, com um seguro viagem, você terá cobertura para imprevistos como extravio de malas e atrasos na viagem. 

A cobertura também se estende a casos mais graves, como atendimento de emergência e pequenas emergências, como um simples corte no pé. Em todos os casos, é melhor prevenir do que remediar! Por isso recomendamos que tenha em mãos o seguro viagem para o Japão e viagem com uma segurança extra.

Clique abaixo, conheça os planos! Faça uma cotação com o nosso parceiro Seguros Promos e aplique o código VIAJELEVE15 para ganhar 15% de desconto em qualquer seguro viagem!

Passeios no Japão

Agora que você já sabe como evitar de ter o visto do Japão negado, é hora de explorar este país fascinante e começar a planejar a sua viagem dos sonhos. Abaixo, estão algumas sugestões de passeios pelos principais pontos turísticos. Eles irão permitir que você experimente ao máximo tudo o que o Japão tem a oferecer para criar memórias inesquecíveis.

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest
58 Comentários
Mais velhos
Mais novos Mais votados
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Srabates
Srabates
1 ano atrás

Nossa que relato complexo heim.
Estou muito tensa com esse visto. Espero que de tudo certo

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Srabates

Espero que de tudo certo com o seu visto e tenha uma ótima viagem!! Estamos de dedos cruzado 🙂
Quando fizer, vem contar pra a agente como foi…
Abraços!

Renan Calderon
Renan Calderon
1 ano atrás

O mais certo era você dar entrada com um agente de viagem … Que iria te orientar corretamente…
Porque realmente um dos países mais difícil de entrar é Japão.
Eu tiro meus vistos com despachante…
Assim ele só da entrada no visto quando a total documentação… Com risco quase zero deles negar.
Apesar que nunca foi negado meus visto para Japão. Detalhes sou descendente de japonês.

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Renan Calderon

Oi Renan, trabalho com turismo a mais de 12 anos, tenho muitas informações sobre vistos e contatos de despachantes, por isso sei bem como é todo o processo. No meu caso, a comprovação financeira foi o que me afetou. Eu tinha trocado todo meu dinheiro da viagem por papel moeda em dólares e acabei ficando sem comprovação no dia…
Abraços!

Laiz
Laiz
1 ano atrás

Exatamente a informação que eu procurava, muito obrigada! Com a possível reabertura do Japão agora em outubro pensei em tentar tirar o visto e aproveitar para visitar Kyoto enquanto estarei na Coréia em novembro, mas não sabia se era difícil conseguir o visto. Tb não tenho renda nem investimentos, só tenho mesmo meus won na conta da wise. Pensei em tb colocar a minha mãe como financiadora, mas nem sei mais se vale a pena tentar

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Laiz

Oi Laiz, se você for aplicar, leve qualquer comprovante financeiro que tenha em seu nome, até mesmo o da wise. No meu caso, eu tava com todo meu dinheiro em cash e em dólar, o que dificultou a comprovação. Quando apliquei, ainda levei o imposto de renda do meu pai, mas como não sou mais dependende dele, acabou não servindo. Espero que dê certo pra ti. Abraços!!

Sofia
Sofia
1 ano atrás
Responder para  Andressa Silva

Ola.Andressa,eu queria aplicar um visto de turismo para japao.você trabalha com agente de turismo?tem como me mandar seu contato para mim saber mais informações?eu queria viajar para o japao e meu marido vai financiar minha viagem .meu marido tem uma empresa grande mas ele só declarou uns trezentos reais no imposto da renda.assim vai ser recusado fácil por o valor de imposto de renda baixo?(

Arthur Cavallo
Arthur Cavallo
1 ano atrás

Nossa, estava procurando uma luz em relação à comprovação de passagem aérea… Eu e meus pais pretendemos ir ao Japão, mas ter que comprovar a compra das passagens sem sequer ter o visto em mãos é algo muuuito instável (ainda mais pelo risco de perder as passagens que são caríssimas)

Aliás, não sei se vocês tem essa info, mas já ficaram sabendo de casos de pessoas que foram aprovadas apenas com a reserva (sem de fato comprar)? Sabe se isso pode ser um problema?

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Arthur Cavallo

Oi Arthur, infelizmente não temos esse tipo de informação. O que acha que entrar em contato com um despachante de vistos? Eles tem mais experiência com vistos e pode te dar uma luz. Abraços e boa sorte!

Lone
Lone
1 ano atrás

Gostaria de saber se voces tem alguma sugestão ou dica para min, Estou prestes a me casar com minha noiva que é residente permanente no japão, e estou entre 2 opções, casar por procuração(a distancia) e tentar dar entrada no visto de conjuge depois de 3 meses de casado ou dar entrada no visto de turismo e visita a amigos por 90 dias e fazer todo processo de casamento la mesmo, porem foi nos dito que independente da maneira que tentarmos, não há boas chances de ser aprovado, porem são as unicas duas formas que temos, realmente estamos em um… Read more »

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Lone

Oi Lone, é uma situação atípica e dificil de saber qual seria a melhor possibilidade e a que daria mais chances de você ter o visto aprovado. Acreditamos que conversar com pessoas que passaram pela mesma coisa é a melhor coisa a fazer. Desejamos sorte a vocês e esperaos que dê tudo certo! Abraços!

Lee
Lee
8 meses atrás
Responder para  Lone

Eu estou

Karine
Karine
1 ano atrás

Boa tarde. Quando negam o visto, é negado na hora que vai tirar, ou você descobre que foi negado só no ato da retirada?

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Karine

Oi Karine, eu só soube na retirada mesmo. Na hhora de entregar os documentos a pessoa que te atender, pode falar que falta algum documento ou até mesmo falar da probabilidade de ser aceito, mas a resposta definitiva só sai depois da análise interna do pessoal que faz o visto. Abraços e boa sorte!! Volta aqui pra contar pra a gente como foi!

Karine
Karine
1 ano atrás
Responder para  Andressa Silva

Oii. Deu tudo certo kkk. Sempre sou muito medrosa. A primeira vez que fui pro Japão tirei o visto em Brasília. Dessa vez tirei aqui em São Paulo. Como li na Internet que muitas pessoas tem o visto negado aqui em SP, aí fiquei com medo.

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Karine

Oi Karine!! Essas coisas de visto sempre dá um medinho mesmo… rsrs.
Que bom que deu tudo certo então!
Aproveita muito a sua viagem.. temos certeza que será fantástica. bjos

Daniel
Daniel
1 ano atrás

Olá. Sabe dizer se a taxa consular deve ser paga mesmo em caso de visto negado, ou o pagamento só ocorre quando o visto é aceito?

Obrigado

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Daniel

Oi Daniel, sim, tem que pagar a taxa independente do resultado, pois é pago na hora de aplicar.
Abraços!!

Carolina
Carolina
1 ano atrás

Como que faz só para reservar a passagem e não comprar?

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Carolina

Oi Carolina, nos sites de algumas empresas aéreas você consegue fazer todo o processo de compra e antes de colocar o cartão para pagar, vai aparecer uma opção de reservar por 24h por uma taxinha. Você pode tentar usar esse recurso, ou pedir orçamento e a reserva para uma agência de viagens, que eles também conseguem segurar a reserva por 24h. Abraços!!

Danilo
Danilo
1 ano atrás

Olá, bom dia. Por acaso vocês sabem se é possível “juntar” a renda do casal na hora de dar entrada? Eu explico: sou casado, mas só eu pretendo ir para o Japão agora em Abril (já comprei as passagens). Declaro imposto de renda e tenho uma renda mensal de mais ou menos 4mil. Minha esposa é funcionária pública e tem uma renda mensal de 10mil. Eu li que posso colocar ela como financiadora da viagem, mas tô na duvida se posso juntar os contra cheques dela e meus, além das declarações de IR, ou se só uso os dela para… Read more »

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Danilo

Oi Danilo, quando nós fomos, perguntamos se poderia juntar nossa comprovação de renda e o agente só falou que não poderíamos porque não éramos casados. Pra mim, deu a entender que uma pessoa casada pode unir a comprovação de renda para viajar juntos, mas se você for sozinho não sei se adianta juntar a documentação. Se você for direto ao consulado, leve todos os comprovantes de renda e documentos para apresentar ao agente, se ele achar que não é suficiente ou necessário, ele vai falar na hora. Espero que dê tudo certo pra vocês! Abraços.

Danilo Nascimento
Danilo Nascimento
1 ano atrás
Responder para  Andressa Silva

Eu fui aplicar sexta-feira. Foi possível juntar a renda dos dois sim, levei toda a documentação da minha esposa e minha, certidão de casamento, contra cheques, ir, etc. E como ela foi junto, lá a mulher que nos atendeu pediu para ela fazer uma carta de próprio punho dizendo que ela iria “ajudar” a custear a viagem. Achei essa carta meio estranha pq não consta isso na lista de documentos necessários, mas qualquer coisa que ajude a aprovarem, a gente aceita fazer né kkkkk. Agora é só esperar pra ver se vai ser aprovado ou não, mas como a mulher… Read more »

Thaís
Thaís
1 ano atrás

Olá Flávio,
vcs aplicaram para o visto fora do Japão fora do Brasil?
estamos na tailândia mas não sabemos como aplicar daqui .

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Thaís

Oi Thaís, nós aplicamos no Brasil mesmo e até onde sabemos, brasileiros que estão fora do país, só podem aplicar o visto do Japão se tiver algum tipo de visto (estudo, trabalho, etc) no país de moradia. Se quiser mais detalhes, recomendo que entre em contato com a embaixada do Japão em Bangkok. Abraços e boa sorte!!

Branca
Branca
1 ano atrás

Olá tudo bem? Não consigo reservar passagem em nenhum site! Estou apavorada pois na segunda já está marcado no consulado e não tenho passagem. Fui em diversas agências de viagens e ninguém faz a reserva. Me indica alguma? Estou desesperada já

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Branca

Oi Branca, você tentou direto no site de alguma cia aérea pagando a taxa?

micaella
micaella
1 ano atrás

Bom dia Flavio, eu estava comprando as passagens para viajar na última semana de Março, entrei em contato com duas agências que auxiliam com o visto e ambas disseram que a chance de negarem eu e meu namorado eram grandes, junto temos 15 mil reais em investimentos e ambas a agências disseram que é pouco, uma disse que sugere 40 mil para cada e que atualmente está tendo bastante visto negado. você sabe de mais algum relato parecido? as agências disseram que o mais importante é comprovar essa renda e que precisa estar no seu extrato do banco pelos últimos… Read more »

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  micaella

Oi Micaella, essa questão do visto é realmente complicada, pois o agente do visto pode fazer diversas exigências conforme a sua documentação. Em nosso caso, o problema foi a comprovação de renda também porque eu tinha trocado todo meu dinheiro por dólar em papel moeda, e não adiantava nem levar na mão. As agências têm casos mais frequentes, logo, tem mais informações e mais experiência quanto a isso. Acredito que eles falam esse valor pra você não correr o risco de ter o visto negado. Espero que dê tudo certo para vocês! Abraços.

heleno araujo
heleno araujo
11 meses atrás
Responder para  micaella

Eu estou com o mesmo problema! A agencia está pedindo que comprove em torno de 1500 reais por dia! ou seja eu teria que comprovar aproximadamente 35 a 40 mil reais. Pior estou com a passagem comprada para o dia 04/04.

micaella
micaella
11 meses atrás
Responder para  heleno araujo

Bom dia Heleno, alguma novidade sobre o seu visto?

Heleno
Heleno
11 meses atrás
Responder para  micaella

Olá! Hoje enviei o extrato novo e o Imposto atual. Tenho exatos 40k na conta, não paguei nada este mês. Elas vão levar dia 21 no consulado porque direto no sistema do consulado não tem data! Mas com certeza volto aqui pra atualizar vcs quando tiver o visto em mão! E faltam 20 dias pra embarcar é um misto de alegria e desespero ao mesmo tempo. Porque estou com tudo comprado.

Andressa Silva
Admin
11 meses atrás
Responder para  Heleno

Oi Heleno, imagino a ansiedade como está! Estamos na torcida para dar tudo certo.

heleno
heleno
11 meses atrás
Responder para  Andressa Silva

Gente vim aqui só pra contar pra vcs que meu visto saiu! peguei ele ontem. Já fiz todos os tramites no site, de certificado de vacina, procedimento de desembarque e aduana. Agora só esperar pra ir 🙂

Andressa Silva
Admin
10 meses atrás
Responder para  heleno

Oi Heleno que boa notícia!! Tenha uma ótima viagem e aproveite muuuuito! Abraços

Suelen Carriel
Suelen Carriel
10 meses atrás
Responder para  heleno

Moço pelo amor de Deus, me conte o nome da agência por favor

Kevin Henrique
10 meses atrás
Responder para  heleno

Oi, deixa eu ver se entendi, foi sozinho, quantos dias de visto? 40k? Eu já fui duas vezes com visto de 30 dias, foi fácil, mas agora com minha esposa eu queria passar dois meses, mas eles estão sendo muito chatos, fui com 40k na conta e só queriam aprovar 15 dias.

heleno araujo
heleno araujo
9 meses atrás
Responder para  Kevin Henrique

Sim, eu comprovei 40k e o consulado aprovou 30 dias de visto, eu embarquei em SP dia 04/04 e voltei dia 03/05. E fiz pela Gema Turismo porque nao tinha data no sistema e eu tinha passagem comprada, por ironia do destino, no dia que saiu o visto, vi que agora podemos fazer tudo online, mas acredito que a burocracia de comprovar certa quantia seja a mesma, porém, fica isento da tx da agencia, somente o visto.

Raphael
Raphael
11 meses atrás

Boa tarde pessoal, eu acabei de receber meu visto pro Japão, tirado no consulado de São Paulo. Fiz conforme a dica de vocês e só reservei a passagem e deu tudo certo. Usei o site chalinga.com, lá eu consegui reservar e receber um e-mail sem pagar a passagem e sem gastar nada com a reserva e foi esse email que eu levei impresso.
Honestamente, minha percepção foi que eles estão mais preocupados com comprovação de renda e dinheiro guardado que qualquer outra coisa…
Um abraço e boa sorte a todos!

Andressa Silva
Admin
11 meses atrás
Responder para  Raphael

Oi Raphael, que bom!! Obrigada pela dica. Isso vai ajudar mais gente…
Parabéns e ótima viagem.

heleno
heleno
11 meses atrás
Responder para  Raphael

Eu infelizmente tive que fazer por agencia porque não tinha data, mas não foi nem percepção, eles só querem saber se vc tem dinheiro na conta mesmo!

micaella
micaella
10 meses atrás
Responder para  heleno

bom dia Heleno, obrigada pelas dicas
por favor, você poderia compartilhar quantos dias vai ficar no Japão e qual o valor comprovado por pessoa?
qual a agência que você contratou?

heleno araujo
heleno araujo
9 meses atrás
Responder para  micaella

Ola!!!!! Já fui e já votei! no meu caso, eu fiz pela Gema Turismo, porque ainda não havia a solicitação online (e direto no consulado nao tinha data) coincidentemente abriu no dia que eu fui pro mesmo dia, mas minha documentação estava toda lá. A agencia estava pedindo para comprovar mais ou menos 1500 reais por dia! achei um absurdo porque eu já tinha tudo pago (Hotel e Avião) enfim, como meu namorado é chileno e nao precisa de visto, eu peguei o dinheiro da conta dele transferi pra minha conta (deixei la por umas 2 semanas sem movimentar nada)… Read more »

Suelen Carriel
Suelen Carriel
10 meses atrás

Tenho uma pergunta, meu visto acabou de ser recusado, pelo que entendemos foi pq declaramos apenas 30 mil. Tem algo que eu possa fazer? Alguma forma de recorrer? Ou alguma forma de tentar de novo tipo, pra ontem? Meu vôo é dia 10/04, TO DESESPERADA

Andressa Silva
Admin
10 meses atrás
Responder para  Suelen Carriel

Oi Suelen, acredito que não há outra forma. Pelo menos quando eu fiz e fui negada, o agente no consulado japonês falou que eu só poderia tentar novamente depois de 6 meses. Pra minha sorte, as reservas de hotéis eram todas com cancelamento gratuito e o voo para chegar em Tóquio eu tinha comprado separado do se saída do Brasil. Recomendo que entre em contato com os hotéis e cia aérea para ver a possibilidade de remarcação e cancelamento. Espero que de tudo certo. Abraços!

Suelen Carriel
Suelen Carriel
10 meses atrás
Responder para  Andressa Silva

E agora com essa modalidade de evisa, será que não consigo aprovação por ele ?

Andressa Silva
Admin
10 meses atrás
Responder para  Suelen Carriel

Oi Suelen, nós infelizmnete não sabemos te dar essa informação, pois nosso trabalho não é com vistos, mas achamos que o sistema online e presencial é o mesmo. Se você acredita que pode dar certo, pode tentar, quem sabe eles analizam seu caso melhor! Te desejamos boa sorte!

micaella
micaella
10 meses atrás
Responder para  Suelen Carriel

Bom dia Suelen, conseguiu algo sobre seu visto?

Kevin Henrique
10 meses atrás

Alguem que emitiu o visto online, sabe se a quantidade de dias que eles fornecem é 15, 30 e 90 como visto na embaixada? Ou todos tem 90 dias?

Andressa Silva
Admin
10 meses atrás
Responder para  Kevin Henrique

Oi Kevin, segundo informações dispostas nesse aquivo eles dão 15, 30 ou 90 dias de acordo com os requisitos que você atende.
Abraços.

Vitor
Vitor
9 meses atrás

Olá, quando o visto de vcs foi recusado devido a falta de dinheiro na conta, vcs levaram os comprovantes das compras de dólar?

Andressa Silva
Admin
9 meses atrás
Responder para  Vitor

Oi Vitor, não levei não, mas não sei se isso seria aceito como comprovação. Abraços!

Vitor
Vitor
9 meses atrás
Responder para  Andressa Silva

Então, disseram que vale como comprovante secundario, farei meu visto dia 26 agora, vou atualizar vocês quanto a isso kkk orem por mim❤️😵‍💫

Andressa Silva
Admin
9 meses atrás
Responder para  Vitor

oi Vitor, show!! É, realmente, como comprovação complementar deve servir mesmo.
Estamos torcendo por você. Abraços!

Gustavo
Gustavo
9 meses atrás

Boa noite, estou pesquisando para tirar visto.
Sabe se dívida no IR (financiamento de imóvel) pode complicar pra tirar visto, mesmo tendo dinheiro na conta?
Exemplo dívida de R$60.000 no financiamento de apartamento e R$30.000 disponíveis em conta.

Teria dinheiro suficiente para minha viagem mas se consideraram o visto, teoricamente estou -R$30.000 negativos..

Andressa Silva
Admin
9 meses atrás
Responder para  Gustavo

Oi Gustavo, infelizmente não temos esse tipo de informação, mas acredito que terá problemas se você mostrar essa dívida em algum documento, como no imposto de renda ou no extrato da conta bancária, por exemplo. Espero que dê tudo certo! Abraços!

heleno
heleno
8 meses atrás
Responder para  Gustavo

Cara o que eles querem saber é se vc tem dinheiro guardado, eu tenho financiamento de imóvel e aparece o valor devedor no IR, mas o que importou pra eles foi o extrato bancário. Quando eu fiz, eu fiz por agencia e me informaram que estavam pedindo mais ou menos 1500 reais por dia para comprovar (um absurdo) mas foi o que me disseram, como eu iria ficar 1 mes, levei um extrato de 45k e aprovaram meu visto para 30 dias.

Estamos viajando pelo mundo desde 2015 e mostrando tudo para vocês aqui no Viaje Leve. Quer conhecer o mundo de uma forma diferente? Vem com a gente que te mostramos!

Sobre o Blog

Brasil

ViajeLeve.net © 2015 – 2023. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

58
0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x