Ilha de Lantau: roteiro de um dia pela maior ilha de Hong Kong

por Flávio Mendes
Ilha de Lantau em Hong Kong

A ilha de Lantau é a maior de Hong Kong, a menos turística, porém é onde ficam alguns dos principais pontos turísticos da cidade-estado. Existem algumas vilas de pescadores por toda a ilha, um Buda Gigante e o teleférico de Hong Kong. Lá também fica o Aeroporto de Hong Kong Disneyland e outras atrações interessantes que valem a pena visitar.

Neste post, você vai ver o que fazer na Ilha de Lantau, informações sobre suas atrações, como chegar, onde ficar e muito mais! Sendo assim, com essas informações, você poderá organizar seu roteiro de viagem por esse destino exótico e pouco conhecido pelos turistas.

Sabia que o Seguro Viagem é super importante na viagem para a Ásia?

O continente asiático é o responsável pelo maior número de viajantes com intoxicação alimentar e insolação. A gastronomia é muito diferente da nossa, feita com temperos fortes, a higiene não é tão levada a sério e o calor é excessivo. Por isso, indicamos o nosso parceiro Seguros Promo que é um comparador de seguro viagem que garante os melhores preços. Faça uma cotação, conheça excelentes seguros para a sua viagem e ainda ganhe 15% de desconto usando o código VIAJELEVE15.

QUERO UM ORÇAMENTO

Neste post você vai ver:

Como chegar na Ilha de Lantau

Central píer em Hong Kong
Central píer em Hong Kong

O Aeroporto Internacional de Hong Kong está junto à ilha de Lantau e é o terminal de passageiros mais importante do sul da China. Sendo assim, é bem provável que você desembarque neste aeroporto antes de seguir para a Ilha de Lantau.

Como eu fiquei hospedado na parte continental, parti pela manhã do hostel em direção ao píer para pegar o barco para Ilha de Lantau, mais precisamente no Mui Wo Ferry Pier. Para isso peguei um MTR na Causeway Bay Station, a linha azul escura e desci na Hong Kong Station, bem de frente para o Central Piers, de onde partem diversas embarcações para diversos pontos de Hong Kong.

Peguei o barco no Central Pier N.6, que vai direto para Mui Wo Pier na ilha. O barco demorou cerca de 30 minutos para chegar em Lantau, mas você também pode ir de metrô. Apesar disso, acredito que vale mais a pena pegar o barco pois terá uma vista diferente de Hong Kong.

Onde ficar na Ilha de Lantau

Estava hospedado em Causeway Bay, uma região boa na área continental de Hong Kong, pois tem metrô e está perto de um dos piers com barcos para Lantau. A minha intenção foi fazer apenas um passeio pela Ilha de Lantau para voltar no mesmo dia, mas é possível ficar alguns dias explorando as vilas, praias e demais atrações. 

Veja a seguir algumas opções de dicas de hospedagem para sua viagem a Hong Kong.

  • Disney’s Hollywood Hotel: Com localização privilegiada, este hotel fica na região do parque de diversão, mas oferece fácil acesso para você explorar toda ilha.
  • Espace Elastique B&B: Essa é uma das opções de hospedagem na Ilha de Lantau mais em conta e que oferece ótima estrutura e conforto.
  • Tai O Heritage Hotel: Localizado na região de uma das vilas da Ilha de Lantau, este hotel oferece uma experiência única ao oferecer uma estrutura moderna e aconchegante numa região tradicional e histórica.
  • Four Points by Sheraton Hong Kong: Este hotel 4 estrelas é uma ótima opção para quem busca dias de conforto e serviço de alta qualidade.
  • Novotel Citygate Hong Kong: Neste hotel você poderá contar com algumas comodidades como piscina, academia, recepção 24 horas e estacionamento, por exemplo.
  • Royal Plaza Hotel: Com 5 estrelas, estrutura perfeita e diversas comodidades e serviços para lhe atender da melhor forma possível, esta é uma opção na área continental.
  • Eaton HK: Esta é mais uma opção de hotel que está localizado na área continental de Hong Kong e conta com serviços de alto padrão e comodidades perfeitas para uma boa estadia.
  • Cordis Hong Kong: Por fim, este hotel 5 estrelas que também está na área continental de Hong Kong e conta com espaços como por exemplo, piscina, spa, bar e restaurante.

Acesse a lista completa de hotéis em Hong Kong e Lantau para escolher o melhor para sua viagem.

O que fazer na Ilha de Lantau

Logo que cheguei no hostel em Hong Kong, conheci um senhor que morava no quarto compartilhado que eu estava. Ele sempre fazia questão de ajudar os outros e me apresentou a ilha de Lantau. Pelo que entendi, ele era aposentado e de tempos em tempos voltava para a Inglaterra. Nesse meio tempo ele morava em alguma cidade pelo mundo e já estava a muito tempo em Hong Kong.

Mesmo ele estando todo esse tempo em Hong Kong, ele sempre estava fazendo algo, descobrindo lugares das ilhas que compõem o país e parecia não se incomodar de viver em um quarto compartilhado com diversos jovens. Ele me ofereceu ajuda e escreveu um roteiro de um dia na ilha de Lantau, pegando a parte turística, mas também a não turística. Resolvi aceitar e ele desenhou e me explicou tudo em um papel.

Então, veja a seguir as informações sobre as principais atrações da Ilha de Lantau e descubra novos pontos de visitação.

Tian Tan Buddha

Tian Tan Buddha
Tian Tan Buddha

O Tian Tan Buddha é um dos maiores Budas sentados da Ásia, medindo 34 metros de altura e pesando 250 toneladas e é feito de bronze. Você vai ver a estátua sagrada a partir de diversos pontos na Ilha de Lantau, porém o melhor é visitar para ver essa grandiosidade de perto. Para acessar o Buda Gigante, você precisa acessar a escadaria que tem mais de 260 degraus.

Se você chegar de ferry como eu, pode pegar o ônibus no terminal de lá que vai direto para o Buda Gigante. E se quiser parar na vila de Tai O antes de seguir para o Buda, dá para pegar o ônibus de número 21 e a viagem leva cerca de uma hora.

Mosteiro de Po Lin Hong Kong

O Mosteiro Po Lin é na mesma região onde fica o Tian Tan Buddha, ou seja, você vai fazer duas visitas em uma e poderá explorar um pouco mais da região. Esse mosteiro foi fundado por três monges em 1906 e hoje é um dos principais de Hong Kong, principalmente por causa da estátua gigante. Na região, você ainda encontra lojas de lembrancinhas e presentes, bem como uma lanchonete.

Teleférico Ngong Ping 360

Outra atração que é considerada uma das principais da Ilha de Lantau é o Teleférico Ngong Ping 360. Ele sai do morro e cruza o mar em direção a Tung Chung Station, em uma viagem de 30 minutos. Dessa estação é possível pegar um metrô de volta ou continuar seu passeio. 

Essa é a melhor forma de chegar ao Tian Tan Buddha. Eu apenas desci nele, mas você pode subir e descer se preferir. Valeu muito a pena, por isso recomendo que você faça o mesmo.

Para quem quer mais emoção, pode pegar a Crystal Cabin, que é uma cabine do teleférico com o chão de vidro. Lá de cima é possível ter uma vista dos principais pontos de Hong Kong e também uma das melhores vistas da ilha. 

Ngong Ping Village

Ngong Ping Village
Ngong Ping Village

Essa pequena vila está localizada antes de subir para o Buda e oferece uma experiência bem legal, pois é totalmente feita para o turismo. Na região você terá diversos prédios com estilo tradicional, porém é quase um centro gastronômico com diversos restaurantes, cafeterias, fast-food e lojas de presentes, roupas e artesanato. 

Na vila você também encontra a estação do Ngong Ping 360 Cable Car. Então, se você subir de teleférico vai desembarcar nesta estação, passar pela vila e depois chegar na escadaria que leva ao Buda. Para chegar ou sair de lá você terá dois pontos de táxis e o terminal de ônibus para as linhas 02, 21 e 23. 

Lantau Peak

A Lantau Peak é uma montanha em meio a Ilha de Lantau e se torna um destino perfeito para quem gosta de fazer caminhadas e explorar locais a partir de um trekking. Uma boa dica é subir essa montanha para ver o sol nascer, pois o amanhecer é a partir de lá é fantástico. 

No entanto, vale comentar que a subida demora algumas horas, sendo uma opção mais viável para quem se hospeda na ilha ir por conta própria ou é melhor fazer um passeio se você estiver na parte continental de Hong Kong, pois irá com guia.

Hong Kong Disneyland

A Disneyland é um parque de diversões conhecido mundialmente e em Hong Kong você encontra uma unidade na Ilha de Lantau. No local, você vai encontrar uma estrutura encantadora que garante a felicidade e diversão de adultos e crianças. Para chegar lá, você pode pegar uma linha separada do teleférico. Esta linha vai direto para lá e acaba sendo um passeio em dois. 

Tai O Village

Ilha de Lantau em Hong Kong
Tai O Village na Ilha de Lantau

Um local muito visitado e que chama a atenção na Ilha de Lantau é a Tai O Village. Isso porque essa antiga aldeia de pescadores é formada por casas com palafitas construídas sobre a água, que formam um cenário único e deixa todos os visitantes impressionados com o modo de vida local.

A vila é bem rústica, com algumas ruas bem estreitas interligadas por pontes em um ambiente muito calmo. Nem parecia que eu estava em Hong Kong. De lá, partem alguns passeios de barco pelas ilhas vizinhas, mas não fiz nenhum. Fiquei apenas andando por Tai O, conhecendo todos os cantos da vila

Fu Shan Viewing Point 

Outra atração interessante na Ilha de Lantau é o Fu Shan Viewing Point, um mirante localizado a 20 minutos de caminhada da vila de Tai O. para chegar lá, você pode ir caminhando depois de visitar Tai O, pois há placas sinalizando o caminho. A caminhada até o mirante não é muito cansativa, mas pede disposição.

Do alto, você terá uma boa visão da incrível ponte de Hong Kong – Macau, consegue ver Tai O Village e a região das praias ao redor. O ponto é encantador e dizem que é possível ver golfinho a partir de lá e curtir o pôr do sol. 

Mui Wo Village

Canal em Mui Wo Village em Hong Kong
Canal em Mui Wo Village

Outra vila interessante para conhecer na Ilha de Lantau é a Mui Wo Village, que está localizada logo na região onde chega o barco que parte da área continental de Hong Kong. Nesta região, você pode explorar a cachoeira e a caverna Silvermine, conhecer a praia Silvermine Bay, ver vários templos como o  Man Mo Temple, por exemplo, e caminhar entre as ruelas da vila com seu comércio e restaurantes.

Forte Tung Chung

A Ilha de Lantau oferece também pontos históricos da Dinastia Qing, como o Tung Chung Fort construído em 1832. Na região havia seis fortes, sendo o Forte Tung Chung o mais importante, e uma muralha que rodeava a cidade e a protegia contra invasões piratas e o comércio de ópio.

O local passou a ser dos britânicos depois da invasão de 1898 e em 1918 serviu como delegacia da polícia local. Entre 1937 e 1941 todo o espaço foi usado para a população local, pois ali funcionavam o Comitê Rural Tung Chung e a Escola Pública Tung Chung que fechou suas portas em 2003. 

Depois disso o local ficou abandonado, mas até hoje possui características originais da Dinastia Qing e ao redor ainda é possível ver ruínas da muralha. Para chegar ao Forte Tung Chung você deve pegar o metrô local até a estação MTR Tung Chung.

Praias na Ilha de Lantau

Praia na Ilha de Lantau
Praia na Ilha de Lantau

Uma boa atividade para fazer na Ilha de Lantau é visitar as praias e tomar um banho de sol. Sendo assim, você pode visitar as praias de Cheung Sha, Pui O, Tong Fuk e Shek Pik. A Silver Mine Bay Beach é uma das mais famosas, tanto que existem alguns hotéis de frente para a praia. Quando visitei estava bem vazia, mas acredito que foi por causa do clima.

Roteiro na Ilha de Lantau

Eu parti do hostel pela manhã em direção ao píer para pegar o barco direto para Mui Wo Pier que fica na Ilha de Lantau. Chegando em Mui Wo, resolvi dar uma volta pela região e fui em uma praia próxima chamada Silvermine Bay Beach. Não fiquei muito tempo lá e acabei voltando para o píer, para pegar o ônibus de número 1 em direção ao Buda Gigante

No entanto, decidi fazer uma parada em Tai O, mas fiquei apenas andando e conhecendo todos os cantos da vila. De lá, partem alguns tours de barco pelas ilhas vizinhas, mas não fiz nenhum. No terminal de Tai O peguei o ônibus de número 21 para chegar no Buda Gigante, um dos maiores Budas sentados da Ásia. Subi pela escada e desci pelo Ngong Ping 360 Cable Car

Depois disso, voltei direto para meu hostel, pois já estava cansado demais. Porém, ainda é possível conhecer outros pontos de Lantau e se quiser estender o passeio, existem outras praias entre Mui Wo e Tai O, como Pui O, Tong Fuk, Cheung Sha e Shek Pik. Além disso, dá para visitar as cachoeiras da Wong Lung Stream, também conhecida como Yellow Dragon Gorge.

Leia também: Visto do Japão Negado e não cometa os mesmos erros!

Seguro Viagem para Hong Kong

Sabemos que é importante contratar um bom seguro em todas as viagens, mas em uma viagem pela Ásia, é mais importante ainda. Isso porque a região é conhecida pela sua diversidade de comidas exóticas e o clima é quente, onde infecções e insolação são frequentes entre os turistas. 

Além disso, um seguro viagem cobre imprevistos como malas extraviadas e atrasos da viagem. Em todos os casos, é melhor prevenir do que remediar! Por isso recomendamos que tenha em mãos um bom seguro viagem para Ásia e embarque com uma segurança extra para qualquer emergência.

Clique abaixo, conheça os planos e faça uma cotação com o nosso parceiro, Seguros Promos.

Passeios em Hong Kong e Ilha de Lantau

Agora que você sabe tudo sobre a Ilha de Lantau, já pode se programar e fazer o seu roteiro de viagem. Para te ajudar com essa programação, abaixo você verá diversas sugestões de passeios pelo país e seus pontos turísticos imperdíveis. Aproveite e acesse para ver preços, detalhes e fazer suas reservas com segurança!

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Estamos viajando pelo mundo desde 2015 e mostrando tudo para vocês aqui no Viaje Leve. Quer conhecer o mundo de uma forma diferente? Vem com a gente que te mostramos!

Sobre o Blog

Brasil

ViajeLeve.net © 2015 - 2024. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x