Viver na Tailândia: Porque amamos o país?

por Flávio Mendes

Nunca achei que um dia iria viver na Tailândia, porque o país sempre esteve em nossa lista de desejos de viagens. Tivemos a oportunidade conhecer o país e viajar por muito tempo, mas morar seria totalmente diferente. 

É, e isso aconteceu quando surgiu a oportunidade de um trabalho que nos permitia ter o visto de residência. Morar na Tailândia foi uma das melhores experiências que tivemos junto aos muitos motivos que nos fizeram amar viver no país.

Sabia que o Seguro Viagem é super importante na viagem para a Ásia?

O continente asiático é o responsável pelo maior número de viajantes com intoxicação alimentar e insolação. A gastronomia é muito diferente da nossa, feita com temperos fortes, a higiene não é tão levada a sério e o calor é excessivo. O nosso parceiro Seguros Promo é um comparador de seguro viagem que garante os melhores preços. Faça uma cotação e conheça excelentes seguros para a sua viagem, ganhando 15% de desconto usando o código VIAJELEVE15.

QUERO UM ORÇAMENTO

Porque adoramos viver na Tailândia

A Tailândia sempre esteve em nossa lista de países preferidos, tanto que viajamos para o país diversas vezes. No entanto, viver na Tailândia, foi ainda mais especial e por isso contamos a seguir alguns motivos pelo qual nós adoramos ter essa experiência.

1 – Comer bem e barato

Restaurante a beira mar de PhiPhi do Bayview Resort
Restaurante a beira mar

A comida do país é muito boa e acreditamos que não há quem negue que a culinária tailandesa é uma das melhores da Ásia. A variedade de ingredientes e a mistura de sabores faz com que você possa comer infinitos tipos de pratos sem repetir o mesmo. 

Além disso, a maioria dos pratos são bem práticos e rápidos de fazer, tanto que ao pedir um prato, você vai perceber que tudo chega muito rápido à mesa. A comida de rua então, nem se fala, é muito prática, rápida e deliciosa.

A comida no país é relativamente barata, ainda mais para comprar no supermercado, o que torna tudo mais barato ainda. A diferença de preços é bem grande se comparado com o Brasil, mas quando falamos de carnes vermelhas e laticínios, os preços sobem e não tem em qualquer lugar. Isso foi uma das coisas que sentimos falta!

2 – O calor e as praias

Não importa a estação do ano nem o horário, vai estar calor, isso é fato. O calor é tanto que chega a incomodar até os amantes do verão como nós, por exemplo. Às vezes enche o saco você ter acabado de tomar banho e já estar suando, mas foi esse calor que fez nós amarmos o país ainda mais.

E falando em calor, é sempre bom comentar sobre as praias tailandesas, pois cada praia nova que conhecemos, nos surpreendeu. São tantos lugares paradisíacos que perdemos as contas, mas muitos ficam fora da rota turística dos brasileiros.

3 – Qualquer roupa serve

Pasai Beach em Koh Yao Noi Tailândia
Pasai Beach em Koh Yao

Andar sem camisa, descalço e de bermuda fez parte da rotina no período em que vivemos nas cidades de praias. Não importa, na Tailândia é possível ter roupas básicas e não precisar se arrumar para nada, porque qualquer roupa serve para qualquer ocasião.

Ao morar em Bangkok, percebemos que a coisa muda um pouco, mas mesmo assim não sentimos necessidade de estar arrumados demais o tempo todo. No geral as pessoas não ligam para o que você veste independente do lugar.

Fora isso, comprar roupas na Tailândia é barato demais, tanto que é possível comprar uma calça jeans em feiras locais por R$ 5 ou camisetas por R$ 2. Até as roupas de marca são baratas e quem não quer pagar pela marca pode comprar o mesmo modelo em um camelô por um valor bem abaixo da média.

4 – Poder viver e trabalhar de chinelo

Algo muito comum foi ver, principalmente os homens, com calça jeans, camisa de botão e chinelo. Todos usam, não importa a classe social, pois já vimos segurança de carro forte e empresários todo arrumado e de chinelo. 

Pessoas que trabalham em seus comércios locais é o mais comum, e tênis é algo que quase ninguém usa nas regiões das praias e ilhas. Claro que quando falamos da capital, pode ser diferente, como algumas empresas que pedem traje social.

5 – A cultura tailandesa

Há templos ornamentados, brilhantes e com muito ouro, bem como budas e incensos acesos por todos os cantos, junto a natureza, praias, religião e vida agitada. Tudo misturado num só lugar nos fez sentir amor à primeira vista quando vimos esta mistura tão exótica e única.

Tem algo de especial na Tailândia que sentimos desde a primeira vez no país. Impossível explicar, você deve conhecer para sentir o que falamos, mas tome cuidado, pois esse lugar vicia e você também vai querer viver na Tailândia.

6 – Viver na Tailândia com o mínimo e pagar barato por tudo

Barraca de suco de frutas na Tailândia
Barraca de suco de frutas na Tailândia

Foi ao viver na Tailândia que desapegamos de tudo e quanto mais desapegamos das coisas, mais bem ficamos. Tudo começou quando moramos em 2 bangalôs em duas cidades diferentes, pois eles eram bem básicos, com chuveiro de água fria e a descarga era com balde. 

Nesta época, nós estávamos fazendo trabalho voluntário e achamos que nunca conseguiria me acostumar com isso, mas foi bem fácil. Isso porque o ser humano tem o dom de se adaptar ao mundo e nós conseguimos nos adaptar perfeitamente a essa vida mais simples.

Mais fácil ainda foi se adaptar tendo o mar como quintal, pois nem tudo é sofrimento. A moradia pode ser humilde, mas com um bangalô de frente a praia foi melhor do que morar em um apartamento em meio a poluição e a vida estressante de uma cidade grande.

7 – Segurança em qualquer lugar

O último, porém, o principal motivo do porquê amamos viver na Tailândia: a segurança. Poder sair na rua despreocupado, sem ficar olhando para os lados, significou ter qualidade de vida elevada. Nós sempre andamos de noite por ruas desertas, mexendo no celular ou usando a câmera sem problemas. 

Além disso, presenciamos atos que demonstram honestidade em diversos lugares que passamos. Um desses atos acontecia na rua que dava acesso a nosso bangalô em Koh Phangan, onde todas as casas deixavam seu galão de água na rua com o dinheiro preso, o caminhão passava para trocar e ninguém mexia.

Quanto a estacionar sua moto na rua e torcer para encontrar ela quando voltar, nem precisa esquentar com isso. Na Tailândia é normal deixar os capacetes para fora, pendurados no guidão ou em cima do assento. 

Seguro Viagem para Ásia

Não esqueça de um item mais que essencial, o seguro viagem para Tailândia, pois é algo indispensável para uma viagem pelo sudeste asiático. Ainda mais quando falamos em viver num país com calor forte e comidas exóticas onde tudo pode acontecer.

Portanto, estar protegido com um seguro significa viajar em paz e sem preocupações. E se você ainda não sabe qual seguro contratar de acordo com seu destino, veja nosso artigo aqui no blog com todas as dicas e detalhes. Clique abaixo, faça uma cotação com a Seguros Promo e conheça os preços e as melhores seguradoras do país.

FAZER COTAÇÃO

Guia de Viagem da Tailândia

Guia-da-Tailandia
Guia da Tailândia

Você já conhece o nosso Guia da Tailândia? É um livro em formato ebook (PDF) com 194 páginas que conta tudo sobre a Tailândia, país em que moramos. Foram 2 anos de trabalho para juntar todas as informações possíveis para que você planeje sua viagem do início ao fim.

Com este guia você poderá descobrir lugares fantásticos em toda a Tailândia. Além disso, te damos de presente diversos roteiros prontos pelas cidades e ilhas mais turísticas, bem como roteiros inéditos por cidades fora da rota.

BAIXAR AGORA

Passeios na Tailândia

Agora que você já sabe o porque adoramos viver na Tailândia e queremos voltar, que tal se programar e conhecer o país também? Abaixo deixamos dicas e informações sobre os melhores passeios em Bangkok e por todo o país.

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Estamos viajando pelo mundo desde 2015 e mostrando tudo para vocês aqui no Viaje Leve. Quer conhecer o mundo de uma forma diferente? Vem com a gente que te mostramos!

Sobre o Blog

Brasil

ViajeLeve.net © 2015 – 2023. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x