O que fazer em Praga, República Tcheca

por Flávio Mendes

Se você procura o que fazer em Praga, está no lugar certo. Isso porque nós já estivemos 3 vezes nessa, que é uma das cidades mais lindas da Europa. E olha que da última vez ficamos 10 dias conhecendo todas as belezas que a capital da República Tcheca tem a oferecer.

Portanto, leia esse artigo até o final para não perder nenhum detalhe sobre a capital tcheca, pois montamos um roteiro em Praga que está super completo, com mais de 50 atrações.  Aqui, você também vai ter dicas e informações de como organizar a sua viagem para lá.

Sabia que o Seguro Viagem é obrigatório para viajar para Europa?

Sem ele você pode ser proibido de entrar no país e o atendimento hospitalar pode sair bem caro na Europa. Você não quer viajar e ter uma dor de cabeça, né verdade!? O nosso parceiro Seguros Promo é um comparador de seguros viagem que garante os melhores preços. Faça uma cotação e conheça excelentes seguros para a sua viagem, ganhando 15% de desconto usando o código VIAJELEVE15.

QUERO UM ORÇAMENTO

Confira a lista abaixo e clique se desejar ir direto a algum assunto específico.

História da cidade de Praga

Praga vista do alto
Praga vista do alto

As primeiras notícias da cidade de Praga vem lá do século 9, mas não era nada que chamasse atenção. Um pouco depois disso, a região ao redor do castelo se tornou um importante centro comercial.

Em 1085, Vratislav II se tornou o primeiro rei tcheco e alguns anos depois a primeira versão da Ponte Carlos – conhecida na época como Ponte Judith – foi construída. Em seguida ela desmoronou, mas te contaremos essa história mais pra frente, ainda nesse artigo.

No século 14, Praga cresceu e se tornou uma das cidades mais importantes da Europa. Portanto, a região do Castelo (Hradcany) foi fundada na mesma época. Em 1348 a Cidade Nova (Nové Mesto) começou a se desenvolver, bem atrás da Cidade Velha. 

Foi em 1357 que a Ponte Carlos foi construída, ligando a Cidade Velha (Staré Mesto) a Cidade Baixa (Malá Strana), do outro lado do Rio Moldava, que fica bem perto da região do castelo.

Muita coisa aconteceu nesse meio tempo, mas para não prolongar tanto o texto, vamos para os dias atuais. Em 1918 Praga se tornou capital da Tchecoslováquia (República Tcheca e Eslováquia) após a queda do Império Austro-Húngaro.

Entre a primeira e segunda guerras mundiais a Tchecoslováquia era aliada à França, mas foi ocupada pelos nazistas. Em 1989, a Revolução do Veludo começou e acabou com o comunismo tornando o país democrático. Foi então que em 1993 o país se dividiu em dois, como permanece até hoje e Praga se tornou a capital da República Tcheca.

Quanto tempo ficar em Praga?

Para conhecer o essencial de Praga é preciso pelo menos 2 dias, mas recomendamos que você fique mais tempo. Isso porque o legal da capital da República Tcheca não é só conhecer os pontos turísticos, mas experimentar a culinária local, beber muita cerveja e se perder por suas ruas medievais.

Mesmo os preços tendo subido nos últimos anos, ela ainda continua barata, principalmente no quesito bebida e comida. Portanto, aproveite muito os bares, restaurantes e pubs espalhados pela cidade.

Em resumo, poderíamos dizer que para fazer tudo isso com folga, o mínimo são 4 dias. No entanto, se você não tiver todo esse tempo disponível, 2 a 3 dias serão suficientes.

Onde ficar em Praga

Rua do centro histórico de Praga
Rua do centro histórico

A região central sem sombra de dúvidas é a melhor parte, mas acredito que ficando em qualquer parte do perímetro turístico seja fácil se deslocar a pé por Praga. A cidade é dividida por distritos, como Praga 1 e Praga 2, por exemplo. 

Além disso, você pode se guiar por regiões como a Cidade Velha, Cidade Nova e região do castelo. Nós falamos todos os detalhes num artigo exclusivo sobre onde ficar em Praga que tem informações dos bairros e muitas dicas de hotéis.

Staré Město é a Cidade Velha de Praga e a região mais central. Você vai encontrar ótimos hotéis nessa região e a locomoção será muito fácil. Algumas opções são o Palac U Kocku e o Royal Road Residence. Ambos têm 3 estrelas para dias de conforto em suas acomodações.

Nové Město é a Cidade Nova de Praga, fica atrás da Cidade Velha e tem muitas opções de hotéis 4 e 5 estrelas para se hospedar. Algumas opções de hospedagem são o Pytloun Boutique e o Ambassador Zlata Husa cheios de luxo e sofisticação.

Malá Strana, também conhecida como Cidade Baixa, fica às margens do Rio Moldava, só que do outro lado da Ponte Carlos. Nossas sugestões são o Kampa Garden que tem 4 estrelas e o Residence Thunovska que oferece apartamentos completos.

Por último, Hradčany é a região do castelo e fica depois de Malá Strana, mais no alto da montanha. Algumas opções de hospedagem são o The Golden Wheel Hotel com ótima localização e o Design Hotel Neruda.

Veja todas as opções de hospedagem em Praga e faça a sua reserva!

Seguro viagem para República Tcheca

A República Tcheca faz parte do Tratado de Schengen, ou seja, o seguro viagem é obrigatório. Viajantes precisam de um seguro viagem com cobertura mínima de € 30.000 quando viajam para os países que fazem parte desse território.

Para entender mais a respeito do seguro viagem, escrevemos tudo sobre ele e como contratar. Recomendamos a Seguros Promo, uma comparadora de seguros que tem o melhor preço garantido. Faça agora uma cotação e viaje protegido.

Turismo em Praga

Antigo Relógio Astronômico de Praga
Antigo Relógio Astronômico de Praga

Antes de saber o que fazer em Praga, vamos a alguns dados que vão te ajudar na sua viagem. O turismo em Praga cresceu muito nos últimos anos, tanto que a primeira vez que estivemos na cidade muita coisa mudou e ela ficou mundialmente conhecida. 

A moeda da República Tcheca é a Coroa Tcheca, mas você pode levar euro para trocar na cidade. O idioma falado no país é o tcheco, mas boa parte da população fala o inglês. Não será problema se comunicar em Praga, principalmente nos lugares mais turísticos. 

Apesar disso, não é difícil de ver algumas pessoas falando espanhol e até português, já que existem muitos imigrantes morando por lá. Sem falar que há muitos passeios com guias que falam nossa língua.

Praga é a capital da República Tcheca e se encaixa perfeitamente em um roteiro junto com Viena (Áustria) e Budapeste (Hungria).  Ainda dá pra incluir Bratislava (Eslováquia), Berlim (Alemanha) e até outros países como a Polônia. Os trens e ônibus fazem a conexão perfeita por essa região, não sendo necessário pegar um voo.

Prague Card

Quem pretende visitar muitas atrações em Praga, talvez valha mais a pena comprar o Prague Card. Mesmo que você ainda não saiba muito bem o que fazer em Praga, o Prague Card vai te dar sugestões de mais de 60 atrações (que estão inclusas), como o Castelo de Praga, o Museu Judeu e a Torre Petrí, por exemplo.

Além disso, ele te dá acesso ao ônibus Sightseeing, um cruzeiro pelo rio e descontos em diversas outras atrações da cidade. Você ainda pode baixar o aplicativo e acompanhar todas as novidades.

Dá para comprar o cartão online e retirar em um dos pontos espalhados pela cidade. Dentre os pontos, os mais fáceis são no Terminal 1 do Aeroporto de Praga (quiosque Be Prague), na Estação de Trem Central, na Rodoviária Florence e na Ponte Carlos.

O Prague Card pode ser comprado para utilizar em 2, 3 e 4 dias. Mas e quanto custa o Prague Card?

  • 02 dias – € 76 para adultos e € 55 para crianças.
  • 03 dias – € 87 para adultos e € 62 para crianças.
  • 04 dias – € 94 para adultos e € 69 para crianças.

Para quem tiver interesse, esse é o link para compra do Prague Card. Melhor método para evitar filas nas atrações e visitar muito mais atrações por um preço fixo.

O que fazer em Praga, República Tcheca

Montamos um roteiro completo sobre o que conhecer em Praga, seja em 2, 3, 4, 5 ou mais dias. Nesse roteiro em Praga focamos em todas as principais atrações da capital da República Tcheca, além também dos pontos não turísticos da cidade.

Aqui você ainda vai achar onde beber cerveja em Praga, experimentar o melhor da culinária local e também onde ficar em Praga. Ahh, sem esquecer daqueles lugares escondidos que fogem um pouco da rota turística. Só quem já passou muito tempo por lá e conheceu a cidade com um morador local sabe.

Andar a pé em Praga

Cachorro quente de praga
Cachorro quente tradicional

Com certeza o melhor de Praga é andar pela cidade, seja por conta própria ou numa caminhada com guia. Seja se perdendo por ruelas estreitas, margeando o Rio Moldava, cruzando pontes ou apreciando a arquitetura da cidade, esse será o melhor programa a se fazer em Praga.

Antes de começar compre uma cerveja ou se preferir, um Trdelnik, um doce típico dos países dessa região. Uma massa que é enrolada num tubo e assada na brasa, polvilhada com açúcar, canela e em versões mais incrementadas, recheada de sorvete, chantilly e chocolate.

Faça um tour gastronômico e experimente a comida de rua de Praga. Salsichão, pernil, repolho e cachorro quente local são as pedidas. Em feiras locais você ainda encontra muito mais coisa, o negócio é sair experimentando de tudo.

Compre lembrancinhas das diversas lojas de Praga e visite uma loja de marionetes, pois há  diversas pela cidade e o trabalho deles é impecável. Por fim, assista o pôr do sol de cima de um dos parques ou da beira do rio.

Praça da Cidade Velha em Praga (Staroměstské Náměstí)

Praça central de Praga
Praça central de Praga

A cidade velha de Praga (Staroměstské Náměstí) é o coração da cidade e onde tudo acontece. É lá que você vai ter uma noção da quantidade de gente que visita a República Tcheca porque muita gente passa horas por lá.

É nela que fica uma das principais atrações turísticas em Praga, como o relógio astronômico, por exemplo e outros prédios históricos. Você também vai ver bares e restaurantes que oferecem o melhor da culinária local.

Relógio Astronômico de Praga (Pražský Orloj)

Relogio-Astronomico-de-Praga
Relógio de Praga

O relógio astronômico de Praga fica junto ao edifício da câmara municipal, construído em 1338. Portanto, se estiver perto do relógio astronômico em alguma hora cheia entre 09h e 23h, pare e assista ao desfile dos 12 apóstolos.

Uma portinha se abre na fachada, perto dos ponteiros do relógio e marionetes fazem o show com música, cornetas e o sino. Quem quiser subir na torre, acessar o museu e ter uma vista panorâmica do centro da capital Tcheca, pode comprar o bilhete.

  • Endereço: Praga 2.
  • Horário: Aberto de janeiro a março na segunda das 11h às 20h e terça a domingo das 10h às 20h. De abril a dezembro na segunda das 11h às 21h e terça a domingo das 09h às 21h. As capelas, corredores e subsolo ficam até as 19h no ano inteiro.
  • Preço: 250 Kč – Bilhete Antiga Câmara Municipal e Relógio Astronômico sem filas.

Bairro Judeu em Praga (Josefov)

Bairro Judeu
Bairro Judeu

Bem próximo à Praça da Cidade Velha fica o Bairro Judeu em Praga. É nessa região que ficam as sinagogas mais famosas da cidade, além de um dos cemitérios mais antigos do mundo.

No século 10 os judeus começaram a se estabelecer em Praga, mas com o extermínio em massa, eles foram obrigados a viver em um único bairro. Esse bairro era cercado por um muro, onde eles deveriam viver sem poder sair.

Recomendamos que faça um tour pelo Bairro Judeu, pois um guia especializado vai te levar para os melhores pontos. Com esse passeio você também vai para a cidade velha e descobrirá detalhes da região.

Antigo Cemitério Judeu em Praga (Starý židovský Hřbitov)

Antigo-Cemiterio-Judeu-em-Praga

É o cemitério judeu mais antigo do mundo e talvez o mais diferente de todos. São centenas de lápides colocadas umas sobre as outras, que era o único lugar onde os judeus poderiam ser enterrados na época.

Eles foram enterrados e uma camada de terra dava vida a outra camada de lápides e assim por diante. Estima-se que mais de 10 mil pessoas foram enterradas ali. O cemitério é aberto a visitação, mas o ticket deve ser comprado em combinação com o das sinagogas.

Também existe um passeio guiado pelo Bairro Judeu que inclui a ida ao antigo cemitério com ingressos no pacote. Esta é uma ótima opção para quem deseja conhecer a história do local mais a fundo.

  • Endereço: Široká 3.
  • Horário: Aberto diariamente das 10h às 16h30.
  • Preço: 500 Kč.

Sinagogas de Praga

Existem diversas singagogas na cidade, mas quase todas ficam no Bairro Judeu. Cada uma tem uma história e característica diferente, por isso é interessante visitar várias ou fazer um tour com guia para conhecer melhor.

As principais sinagogas do Bairro Judeu de Praga são:

  • Velha Nova (Staronová Synagoga)
  • Pinkas (Pinkasova Synagoga)
  • Maisel (Maiselova Synagoga)
  • Espanhola (Španělská Synagoga)

Torre de Pólvora (Prašná Brána)

Este local era um dos portões que davam acesso à cidade velha de Praga. Recebeu o nome Torre de Pólvora porque armazenava substâncias explosivas durante um tempo. Hoje em dia é possível subir no alto da torre e ter a vista de Praga do alto.

  • Endereço: Republiky 5, Staré Město.
  • Horário: Aberto diariamente de janeiro a março, outubro e novembro das 10h às 18h. Abril, maio e setembro das 10h às 19h. Junho a agosto das 09h às 21h e dezembro das 10h às 20h. 
  • Preço: 150 Kč – Compre seu bilhete com antecedência para evitar a fila.

Ponte Carlos (Karlův Most)

Turistas na Ponte Carlos
Turistas na Ponte Carlos

A Ponte Carlos (Karlův Most) ou Charles Bridge, como também é conhecida, é a principal ponte de Praga conectando a Cidade Velha ao Castelo de Praga. É a ponte mais antiga da cidade, construída em 1342, onde nessa época ainda se chamava Judith Bridge.

Foi destruída por uma inundação, mas foi reconstruída em 1357 a mando de Carlos IV. Dessa vez ela foi construída com blocos de arenito e material mais resistente. A ponte é linda e é um dos lugares com mais gente na cidade.

É um local que está sempre lotado, portanto, se quiser tirar uma foto com menos gente, acorde bem cedo ou vá de noite, quando tudo fica iluminado e bem bonito. O pôr do sol visto dela é lindo e vale a pena passar horas por lá.

Dá pra subir na torre da Cidade Velha de Praga, bem no início da Ponte Carlos e ter uma vista do alto. Existem ainda outras duas torres da Ponte Carlos que ficam do outro lado do rio que você também pode entrar.

Uma curiosidade é que quando a Ponte Carlos foi inaugurada por Carlos IV, foi em um dia e horário escolhido por ele, por ser muito supersticioso. A data era 9 de julho de 1357 às 5h31. Essa data forma uma pirâmide crescente e decrescente numericamente: 1 – 3 – 5 – 7 – 9 – 7 – 5 – 3 – 1.

Castelo de Praga (Pražský Hrad)

O que fazer em Praga ao pôr do sol
Castelo de Praga ao pôr do sol

O Castelo de Praga (Pražský Hrad) talvez seja o item mais importante da lista sobre o que fazer em Praga. Na verdade, ele é um complexo muito grande, composto por ruas, casas, palácios, museus e igrejas, por exemplo.

É dentro do complexo do castelo que ficam localizados a Catedral de São Vito, o Antigo Palácio Real, o Palácio de Lobkowicz, a Basílica de São Jorge e diversos outros museus. É o maior castelo do mundo com 450.000m2 e por isso e outro motivos, o local é classificado como Patrimônio Mundial da UNESCO.

Principais atrações do Castelo de Praga:

  • Catedral de São Vito
  • Antigo Palácio Real de Praga
  • Jardim Real
  • Rua do Ouro
  • Basílica de São Jorge
  • Palácio do Arcebispo
  • Torre de Pólvora Mihulka
  • Torre Negra
  • Palácio de Sternberg
  • Palácio de Lobkowicz
  • Torre Daliborka

Não se paga para entrar na região do Castelo de Praga e você pode caminhar livremente por lá entre as 06h e 22h. No entanto, para acessar as atrações você deve comprar o ingresso do castelo.

Catedral de São Vito (Katedrála Sv. Víta)

Catedral de São Vito
Catedral de São Vito

Toda construída em estilo gótico, a Catedral de São Vito (Katedrála Sv. Víta) é uma das principais construções de Praga, assim como a maior catedral da República Tcheca. Fica dentro do Castelo de Praga, mas chama atenção pelo seu tamanho descomunal, com torres medindo quase 100m de altura.

Demorou cerca de 500 anos para ser construída, abriga o túmulo de São Venceslau, São João Nepomuceno, do Rei Carlos IV e também as jóias da coroa. Dá pra subir em uma de suas torres e ter a vista do ponto mais alto de Praga.

  • Endereço: Praha 1, Hradčany.
  • Horário: Aberto entre abril e outubro de segunda a sexta das 09h às 17h e domingo das 12h às 16h. Entre novembro e março abre todos os dias das 09h às 16h e domingo das 12h às 16h.

Preço: Entrada gratuita para uma parte, mas se quiser acessar o restante tem que comprar o ingresso do castelo.

Antigo Palácio Real (Starý Královský Palác)

Hradčany-Castelo-de-Praga
Castelo de Praga

Era a antiga residência dos governantes da região com estrutura que data do século XII. Seu estilo arquitetônico é gótico e renascentista que podem ser vistos tanto na parte interior quanto exterior. 

Hoje em dia o local é uma espécie de museu aberto a visitação incluindo uma réplica da coroa tcheca. Nele você também vai conhecer mais sobre a história de Praga com exposições permanentes e temporárias abordando diversos temas.

  • Endereço: Praha 1, Hradčany.
  • Horário: Aberto entre abril e outubro diariamente das 09h às 17h, mas entre novembro e março abre todos os dias das 09h às 16h.
  • Preço: Incluído ao comprar o ingresso do castelo.

Rua do Ouro em Praga (Zlatá Ulička)

Seguindo pela parte de trás da Catedral de São Vito fica a Rua do Ouro. Era lá que moravam os artesãos e fabricantes de ouro da época. Casinhas coloridas dão charme a essa região. 

Na rua também fica a Torre Daliborka, uma torre redonda que já foi uma prisão. Para quem chegou a pé pela Ponte Carlos, pode sair por essa rua e conhecer outra parte bem legal que rende boas fotos de Praga. 

  • Endereço: Praha 1, Hradčany.
  • Horário: Aberto entre abril e outubro diariamente das 09h às 17h, mas entre novembro e março abre todos os dias das 09h às 16h.
  • Preço: Incluído no ingresso do castelo.

Museu Franz Kafka Praga

Franz Kafka era um famoso autor tcheco que nasceu em Praga em 1883 num local que hoje é chamado de Praça Franz Kafka. O Museu Franz Kafka ou Museu Kafka conta a história de um dos mais famosos escritores da literatura moderna que já existiu.

Apesar de seus livros terem sido escritos em alemão, é muito interessante ver como ele enxergava a cidade. O museu conta a história de sua vida, mostra objetos pessoais e fala mais sobre suas obras através de várias exibições.

  • Endereço: Cihelná 635, Malá Strana.
  • Horário: Aberto diariamente das 10h às 18h.
  • Preço: 240 Kč

Monumentos e a Antiga Casa de Franz Kafka

Monumento Franz Kafka
Monumento Franz Kafka

Quem quiser estender a visita, ainda é possível achar alguns monumentos em sua homenagem pela cidade. Portanto recomendamos o tour autoguiado por caminhos através dos olhos do autor.

Um deles fica no bairro judeu e mostra Franz Kafka sentado nos ombros de um homem sem cabeça. Outro monumento um tanto quanto curioso são duas estátuas que urinam em cima do mapa da República Tcheca, que fica bem de frente ao Museu. 

Por fim, a mais recente obra que é o monumento com a cabeça dele, que é dividida em camadas e fica girando e se deformando. A última casa que Franz Kafka viveu fica na Rua do Ouro, número 22, dentro do Castelo de Praga e está aberta à visitação.

Casa Dançante (Tančící Dům)

Casa Dançante de Praga
Casa Dançante de Praga

A Dancing House ou Casa Dançante é um prédio com arquitetura muito diferente do convencional. Isso porque sua fachada em vidro forma uma grande curva chamando atenção de todos que passam.

O edifício começou a ser construído em 1994, possui seis andares de escritórios, assim como um bar em sua cobertura. Você pode fazer a visita a galeria de arte que tem lá e ir até a cobertura e ao bar para tomar um drink com uma das melhores vistas da cidade.

Castelo de Vysehrad

Castelo de Vysehrad Praga
Castelo de Vysehrad Praga

Ele foi fundado no século 10 como um castelo, antes mesmo do atual Castelo de Praga. Porém com o passar do tempo, o local se tornou uma cidade e logo depois uma fortaleza, que foi o que sobrou dele. Dá pra ver que ao longo do tempo ele mudou bastante e guarda muita história.

Uma escadaria marca sua entrada, bem de frente para o rio e basta 5 minutos de subida para chegar no primeiro ponto entre as muralhas. Por lá há diversas atrações do castelo, mas as principais são a igreja de São Pedro e São Paulo, o parque e o cemitério.

Com toda essa história e poucas pessoas o visitando, acho que ele deve ser item obrigatório no seu roteiro com o que fazer em Praga. Quem preferir, pode fazer um passeio guiado pelas dependências do castelo.

Na margem do rio e de frente ao castelo acontece uma feira e pode ser um programa para fazer em conjunto. 

  • Endereço: V Pevnosti 159/5b, Praga 2 – Vyšehrad.
  • Horário: Aberto diariamente das 10h às 18h. 
  • Preço: Entrada gratuita.

Mercados em Praga

Mercado Naplavka em Praga
Mercado Naplavka

Nada como conhecer um mercado local para imergir ainda mais na cultura da cidade. A primeira dica de mercado de rua em Praga vai para o Náplavka. Quem nos apresentou esse mercado foi nossa anfitriã no Couchsurfing, que nos hospedou por 7 dias dos 10 que ficamos na cidade.

Mas fique atento, pois ele só abre aos sábados, por isso se estiver na cidade pelo final de semana não deixe de ir. No mercado Náplavka você vai encontrar muita coisa gostosa para comer como queijos e salsichas, por exemplo.

Tudo isso junto com muita cerveja e vinhos, bem como artistas de rua que se apresentam, com show de bandas e tudo mais. Ele abre aos sábados das 08 às 14h e fica nas margens do rio, quase em frente ao Castelo Vysehrad.

Outra feira local que conhecemos sem querer quando nos perdemos pelas ruas da capital tcheca foi a da Praça da República (Náměstí Republiky). Nesse dia estava rolando muita comida e bebida e é claro que experimentamos uma salsicha local feita na brasa acompanhada de uma cerveja.

Por último, bem próximo do Relógio Astronômico fica o Mercado Havelska. Na verdade ele parece uma feirinha de souvenir, frutas e verduras, mas existe na cidade desde 1232. Não deixe de visitar as barracas e provar a culinária local quando estiver por lá.

Vale lembrar que alguns mercados e feirinhas não abrem durante o inverno ou nos meses mais frios como de novembro a março, mais ou menos. Sempre confirme antes de visitar algum deles, pois pode estar fechado.

Parque Letna (Letenská Pláň)

Vista do Parque Letna
Vista do Parque Letna

Foi mais uma descoberta nossa, depois de seguir pela Rua Pařížská, famosa por diversas lojas de grife, quando saímos da Praça da Cidade Velha. Antes mesmo de cruzar a ponte você verá uma montanha com uma escadaria gigantesca.

É lá no alto que fica o Parque Letna, um dos melhores lugares para ver o nascer ou o pôr do sol em Praga e ter a vista completa do Rio Moldava. Você pode ir ao luxuoso restaurante Letenský Zámeček, assim como pode tomar uma cerveja no seu beer garden, com a vista mais espetacular de Praga. 

Se você quiser caminhar, pode fazer um super tour por essa região, seguindo até o Castelo de Praga. No entanto, é um longo caminho e você deve estar preparado para isso ou pode fazer um tour de bike elétrica

Parque e Ilha Střelecký (Střelecký Ostrov)

Ilha Střelecký
Ilha Střelecký

Uma ilha no meio do Rio Moldava para relaxar e apreciar Praga de um ângulo diferente. As pessoas costumam ir apenas para relaxar ou praticar algum esporte. De lá dá para ter uma visão diferente da Ponte Carlos, ver os barquinhos passando e dá para alimentar os gansos.

Próximo a ilha partem os passeios de barco pelo rio Moldova, por isso aproveite que está na região para fazer o tour. Se for à noite, pode visitar a ilha e depois fazer o passeio de barco com jantar incluído.

Jardim Kinsky (Kinského Zahrada)

Jardim Kinsky
Jardim Kinsky

Onde antigamente era uma floresta, acabou se transformando em vinhedos, lá no século 12. Em seguida as terras foram compradas pela mãe do Príncipe Rudolf Kinsky e construíram a residência de verão com um grande jardim.

O Jardim Kinsky é um ótimo lugar que achamos em nossa rota para o Castelo de Praga e rende boas fotos. Quase não tem visitantes e se sua intenção é relaxar, vá sem medo. Ele se estende até a próxima atração, a colina onde fica o Parque Petrin e a Torre Petrin

Parque Petřín (Petřínské Sady)

Parque Petrin
Parque Petrin

Em um dos pontos mais altos de Praga, bem ao lado do Castelo de Praga e atrás do Jardim Kinsky, fica o Parque Petrin. Apesar de ficar perto do castelo, ele é mais um jardim que fica fora da rota turística da cidade.

E claro que vamos indicar aqui, porque esses são os melhores programas de viagem, pelo menos pra gente. Dá pra praticar atividades físicas, conhecer ou apenas descansar no Parque Petrin. Além disso, é possível visitar uma miniatura da Torre Eiffel que se chama Torre Petrin e fica lá em cima.

Para quem está a pé cruzando o Rio Moldava, pode subir de bondinho ou continuar a pé mesmo por meio do jardim e de escadarias. Por outro lado, fazer um tour com bicicleta elétrica é uma ótima opção, pois passa por diversos locais, inclusive a torre.

Beer Spa em Praga

Banner do beer spa em Praga
Banner do beer spa em Praga

Já pensou em relaxar em um spa, mas ao invés de água, a banheira ser preenchida com cerveja? E se já não bastasse, uma torneira de cerveja na borda da banheira para você beber à vontade enquanto relaxa.

Por incrível que pareça, você pode fazer isso em Praga. Foi uma das atividades que não tivemos a oportunidade de fazer, mas que ficou em primeiro na nossa lista para a nossa próxima viagem à cidade. 

Normalmente você tem uma hora para relaxar na banheira de cerveja enquanto aprecia uma cerveja ou duas, ou várias. Cabem de 2 até 4 pessoas por banheira e diversos locais de Praga oferecem esse serviço. 
Nossa sugestão é para o Bernard Spa com direito a tratamentos relaxantes e uma cerveja para levar pra casa.

Museu da Cerveja em Praga

A República Tcheca é conhecida como a maior consumidora de cerveja do mundo. Sendo assim, será fácil encontrar atrações que incluam uma das bebidas mais consumidas do mundo.

Nada melhor que conhecer o Museu da Cerveja no país que produz as melhores cervejas do mundo, certo? No Museu da Cerveja você vai aprender tudo sobre essa bebida milenar e como ela é produzida. Além disso, vai poder provar algumas delas e comprar mais cerveja se quiser.

Fábrica da Cerveja Staropramen

Segunda maior cervejaria da República Tcheca, a Cerveja Staropramen tem uma fábrica em Praga que você pode visitar. Durante o tour autoguiado você aprenderá sobre a história da Staropramen. 

Ao final do passeio, você poderá degustar a cerveja e passar mais um tempo provando os diversos tipos de cerveja que eles oferecem. Em seguida, não deixe de ir à lojinha de souvenirs da marca e ao restaurante para experimentar a culinária local.

  • Endereço: Pivovarská 9, Praga 5.
  • Horário: Aberto de terça a sábado das 11h30 às 18h. 
  • Preço: Ingressos a partir de 249 Kč. Você pode escolher ingressos com mais tipos de cervejas incluídas, por isso compre aqui com o melhor valor e não pegue filas.

Pub Crawl Praga

Fazer uma maratona de bares é um dos programas não só de Praga, mas de diversas cidades do mundo. Contudo, acreditamos que Praga vale a pena pela qualidade da cerveja oferecida e pelos locais que você irá passar.

Portanto, indicamos contratar o Pub Crawl em Praga para começar a sua noitada pelos bares da cidade. Em seguida, deixamos como sugestão comprar o ingresso de vida noturna que inclui entrada gratuita e drink em várias baladas da cidade.

Campeonato de Cerveja

Com diversas unidades em Praga e até na Eslováquia, o The Pub Praha é bem diferente de todos que você verá. Você mesmo se serve, na chopeira que fica nas mesas e ao mesmo tempo compete com as outras mesas para ver quem toma mais cerveja. 

A competição chega até outros pubs e você poderá ver tudo em um telão. Todos os pubs da rede são conectados e acho que vale a visita, mas reserve lugar, pois nem todas as mesas do pub funcionam dessa forma.

O que fazer em Praga de graça

Cerveja de Praga
Praça central de Praga

Não enjoamos dessa, que é uma das cidades mais bonitas do mundo e pretendemos morar um dia. Praga é linda em qualquer época do ano e também cheia de turistas, mas mesmo assim, não perde sua beleza.

Pra fugir um pouco da agitação e principalmente, conhecer lugares que a maioria dos turistas não vai, a dica é conhecer algum parque em Praga, ainda mais porque é de graça. A maioria deles fica no alto da montanha e por isso tem a melhor vista da capital tcheca.

Outra dica é visitar a região dos castelos que apesar de ter sempre muita gente, tem entrada gratuita em seus complexos. Além disso tudo, você pode conhecer várias atrações e partes da cidade com um guia. 

Existem 4 opções de free tours em Praga e você pode aproveitar para fazer alguns deles. Eles são oferecidos pelo nosso parceiro Civitatis, portanto faça a sua reserva e não deixe essa oportunidade passar.

Free tour por Praga: Esse é o passeio mais básico e diria que completo, pois passa por diversos pontos de interesse e pelas principais áreas da cidade. 

Mistérios e lendas de Praga: Com esse passeio gratuito, você conhecerá outro lado da cidade, pois vai descobrir histórias que envolvem até cavaleiros sem cabeça e vampiros.

Free tour pelo Castelo de Praga: Já que a entrada do castelo é de graça, por que não aproveitar e conhecer com um guia?! Então aproveite essa oportunidade que você terá para conhecer o complexo.

Segunda Guerra Mundial em Praga: Essa opção de passeio gratuito em Praga é super diferente, pois aborda a história da ocupação nazista. 

Se você ainda não sabe o que é free tour, leia nosso artigo, pois há várias dicas e detalhes de como os passeios funcionam.

O que fazer em Praga à noite

U-Fleku-Bar-Praga
Bar U Fleku

Um dos melhores programas para se fazer é conhecer os bares e restaurantes da cidade, bem como os pub crawls e baladas. Já até falamos aqui no blog sobre onde beber em Praga, com uma sequência de bares bons e baratos para tomar cerveja.

Abaixo deixamos alguns dos melhores bares e restaurantes em Praga e atividades noturnas:

Propaganda: Bem conhecido pelos moradores locais, que passa longe dos turistas. Fica em uma região com vida noturna agitada e bebida barata.

U Fleku: Bem turístico, mas ainda assim é muito bom para quem quer experimentar a comida tradicional tcheca e beber cerveja da casa. Um músico ainda anima o ambiente com sua sanfona.

Vojanův Dvůr: Bar e restaurante ao estilo beer garden que serve comida tradicional e cerveja barata, mesmo estando próximo às regiões mais turísticas da cidade.

Lokál U Bílé Kuželky: Bar e restaurante não tão turístico que funciona em um subsolo e tem muita coisa da culinária local além, é claro, das cervejas.

Karlovy Lázne: É a maior balada da Europa Central com 5 andares tocando estilos musicais diferentes. Fica colada à Ponte Carlos e funciona todas as noites a partir das 21h.

Absintherie: Praga é famosa pelas suas absinterias, lugares para tomar um bom drink feito a base de Absinto. Além disso, dá para provar diversas coisas, como sorvete da planta por exemplo. Alguns lugares para tomar Absinto são na Absintherie Square Franz Kafka e na Absintherie Jilská.

Praça da Cidade Velha: É lotada de bares, talvez os mais caros da cidade. No entanto, não nos incomodamos em comprar nossas bebidas no supermercado e sentar lá na praça pra beber e ver a vida passar. Acreditamos que foi um dos melhores programas que fizemos.

Passeios em Praga

Já viu que tem muito o que fazer em Praga, né? Portanto, deixamos mais sugestões de passeios para tornar sua viagem ainda mais perfeita. Aproveite as dicas e faça a sua reserva com antecedência e não deixe nada para depois.

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest
4 Comentários
Mais velhos
Mais novos Mais votados
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Lara
Lara
8 anos atrás

Oi Flavio, tudo bem? To morando em Dublin há 9 meses e já fiz várias viagens… mas as ultimas serão no inverno e sozinha. Viajar no inverno tem suas vantagens ($$$) mas gostaria de saber se o frio dá pra ser encarado? hahaha. Janeiro vou pra Espanha e Portugal e Fevereiro pra Alemanha, Rep Tcheca, Hungria e Austria. E ai, vale a pena encarar?

Ruy J Pinto Filho
Ruy J Pinto Filho
13 dias atrás

A internet é um labirinto. Fiquei feliz por me perder em seu site e triste por não conhecê-lo em viagens anteriores. Parabéns !

Andressa Silva
Admin
6 dias atrás
Responder para  Ruy J Pinto Filho

Olá Ruy, obrigada!! Quem sabe a gente se esbarra pelo mundo afora.. Abraços

Estamos viajando pelo mundo desde 2015 e mostrando tudo para vocês aqui no Viaje Leve. Quer conhecer o mundo de uma forma diferente? Vem com a gente que te mostramos!

Sobre o Blog

Brasil

ViajeLeve.net © 2015 – 2023. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

4
0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x