O que fazer em Budapeste, na Hungria

por Flávio Mendes

Budapeste é uma das cidades mais bonitas e românticas da Europa na nossa opinião. Já estivemos diversas vezes na cidade mas voltaríamos mais vezes facilmente, mesmo conhecendo muita coisa. Por isso, reunimos neste post tudo o que fazer em Budapeste, unindo as principais atrações e passeios que fizemos na cidade.

Formada pela união de duas cidades, cortada pelo Rio Danúbio e conectada por pontes, Budapeste vem cada vez mais crescendo no quesito turismo. Portanto, tente conhecer a cidade tanto de dia quanto de noite, porque ela muda completamente.

Sabia que é importante fazer um Seguro Viagem para Europa?

Quando falamos de fazer uma viagem, a segurança sempre deve vir em primeiro lugar. Por isso, indicamos que faça um seguro viagem para qualquer emergência. Ele é imprescindível para você viajar com tranquilidade e aproveitar as atrações, passeios, montanhas e praias do mundo afora. O nosso parceiro Seguros Promo é um comparador de seguros viagem que garante os melhores preços. Faça uma cotação, conheça excelentes seguros para a sua viagem e ainda ganhe 15% de desconto usando o código VIAJELEVE15.

QUERO UM ORÇAMENTO

Neste artigo abordamos diversos temas para você ter informações completas para uma viagem a Budapeste. Dessa forma, você pode clicar nos links abaixo e ir direto ao assunto que desejar. 

Um pouco da história de Budapeste

Budapeste é a capital da Hungria e a muito tempo atrás era formada por 3 cidades diferentes. Elas se chamavam Obuda que era a cidade velha de Buda, Buda que é a cidade alta no lado esquerdo do rio Danúbio e Peste, que é a cidade baixa à direita do rio. 

A cidade de Obuda, também era chamada pelos romanos de Aquincum, mas mudou de nome quando os romanos foram derrotados pelas 7 tribos magiares no século XIII. A partir desse século, Obuda passou a se chamar Buda e então se tornou a capital da Hungria. 

A monarquia absolutista ajudou no desenvolvimento de Buda e Pest. Em seguida, no ano 1873, o Império Austro-húngaro fez a união das duas cidades em uma só, unindo-as com a construção da ponte das correntes.

Depois da primeira guerra mundial, a Áustria renunciou aos direitos da monarquia Austro-Húngara, separando Áustria e Hungria. Contudo, durante a segunda guerra mundial, Budapeste foi bombardeada e tomada pela antiga União Soviética.

Em 1956 a cidade se rebelou contra o governo soviético e terminou com a intervenção das tropas soviéticas. Com a queda da União Soviética em 1989, a Hungria abandonou o comunismo e recuperou sua liberdade se tornando, portanto, a República da Hungria.

Como chegar em Budapeste

Chegar a Budapeste é bem fácil para quem já está na Europa, porém quem sai do Brasil deve ter em mente que não existe um voo direto. Portanto, você deve buscar um voo para entrar na Europa por Lisboa, Amsterdã ou Londres, por exemplo, e em seguida ir a Budapeste.

Avião: Como falei anteriormente, quem está na Europa tem uma grande facilidade, ainda mais quando falamos das companhias aéreas low cost. São diversas rotas oferecidas pelas empresas de baixo custo, bem como pelas empresas regulares que vão até Budapeste.

Carro: Como sempre falamos, viajar de carro pela Europa é o meio mais confortável. Isso porque as estradas são tranquilas e o conforto de viajar num carro é incomparável. Portanto, deixamos como primeira dica, alugar um carro para chegar a Budapeste. Você deve fazer a reserva online e retirar no aeroporto ou em várias cidades.

Transfer: Ainda contando com a opção do conforto do carro, usar o serviço de transfer é uma das melhores opções. Você pode contratar o serviço de transfer saindo do Aeroporto de Budapeste Ferenc Liszt para o seu hotel na cidade. O serviço de transfer também pode ser contratado saindo da estação de trem ou cais para o hotel.

Ônibus: Há várias opções para chegar em Budapeste de ônibus. Partindo dos países vizinhos, a rota Viena – Budapeste é uma das mais populares e com maior frequência. Contudo, também existem rotas disponíveis saindo de Zagreb na Croácia e Belgrado na Sérvia, por exemplo.

Onde ficar em Budapeste

Ficar na região central das cidades sempre é a melhor opção. Ainda mais em Budapeste, que dá para ir às principais atrações andando. A região de Pest, próximo ao rio, tem diversas opções e por isso consideramos a melhor área para ficar.

Abaixo deixamos algumas sugestões de hotéis para se hospedar com variação de valores, mas todas na melhor área da cidade.

  • Wombat’s The City Hostel: Nós ficamos hospedados neste hotel e por isso, esta é a primeira indicação. Sem falar que o local é de altíssima qualidade para quem quer economizar, ficar bem localizado e num ambiente jovem.
  • Roombach Hotel: Para quem vai viajar em casal, esta é outra indicação nossa. O ambiente é jovem, com muita qualidade e boa localização. Fica perto de uma estação de metrô e ônibus, além de ser próximo a diversas atrações.
  • Hotel Mika Downtown: Quem viaja em grupo de família e amigos, por outro lado, este hotel é perfeito. Isso porque há quartos para até 6 pessoas com direito a sala e cozinha. Ele está numa região com muitos bares e restaurantes, mas o interior é silencioso e tranquilo.
  • Boutique Hotel Victoria Budapest: Localizado no lado Buda, este hotel 4 estrelas oferece quartos com vista do rio Danúbio e do Parlamento. Além disso, ele oferece serviços e acomodações excelentes. 
  • Gresham Palace Budapest: Também às margens do Danúbio, porém no lado Peste, este hotel 5 estrelas da rede Four Seasons garante uma estadia perfeita. Em outras palavras, quem quiser fazer uma viagem com sofisticação, pode ficar neste que é um dos melhores e mais luxuosos hotéis da cidade.

Veja todas as opções de hotéis em Budapeste!

Onde comer em Budapeste

A culinária húngara foi uma das que mais chamou atenção. Primeiro porque tivemos a experiência de experimentar comida feita por moradores locais. Segundo porque mesmo em restaurantes, a comida típica é realmente deliciosa. 

Dessa forma indicamos alguns restaurantes que tivemos o prazer de sentar para comer. Para o café da manhã, um lugar muito recomendado é o Cirkusz com seus ovos divinos e capuccino super bem feito.

Para fazer refeições completas, recomendamos o Gozsdu Bistrô que serve comidas europeias e húngaras. No mesmo boulevard, tem vários restaurantes bem legais e até uma unidade do restaurante Jamie Oliver

Se você quiser optar por uma comida com sabor mais familiar, o Vapiano é uma rede que serve comida italiana de boa qualidade. Outra opção é o Hard Rock Cafe, famoso no mundo todo pelos seus hambúrgueres e pratos americanos.

Por fim, para provar a comida local você também pode fazer um tour de degustação da culinária húngara. Outra opção é fazer uma refeição húngara num barco que seria entrar de vez na cultura do país.

Budapeste Card

Antes de começar a falar sobre o que fazer em Budapeste, queremos deixar uma dica muito boa para quem gosta de praticidade e economia. Estou falando do cartão turístico da cidade chamado Budapest Card

Com esse cartão você terá diversas vantagens a começar pelos ingressos que estão incluídos. Ao escolher o tipo do cartão, você pagará uma taxa única e terá direito a entrar em várias atrações gratuitamente. 

Além disso, o cartão inclui transporte pela cidade, para o aeroporto, entrada em termas e descontos e muitas outras atrações pela cidade. Nós acreditamos que esta é uma ótima opção para quem deseja visitar muita coisa em Budapeste. 

O Budapeste Card está disponível para 24h, 48h, 72h, 96h e 120h. Contudo, vale ficar atento que existe o cartão “72h PLUS” que dá acesso a serviços extras como o passeio de barco, acesso ao funicular do castelo e transporte para o aeroporto, por exemplo.

Faça já a sua reserva do Budapest Card para os dias que vai ficar na cidade!

O que fazer em Budapeste

Como estivemos várias vezes em Budapeste, reunimos as informações dos principais pontos turísticos. Além disso, adicionamos outras atrações que não são tão exploradas, mas que valem a pena conhecer se você tiver vários dias disponíveis para visitar.

Budapeste, sem dúvidas, é diferente de muitas cidades na Europa e por isso, ficar 3 dias pode acabar sendo pouco. Portanto, se você está indo para a Europa, recomendamos colocá-la em seu roteiro, pois não irá se arrepender.

Também recomendamos ler o nosso post com um roteiro em Budapeste para quem quer ficar até 4 dias na cidade. Dessa forma, você vai completar a leitura deste artigo com as informações.

Castelo de Buda

Fundado como patrimônio mundial, o Castelo de Buda foi construído como uma fortaleza para proteção após a invasão dos tártaros por volta do século XIV. Contudo, no século XVI o local foi expandido e mais fortificado para virar residência da família real.

O castelo teve várias construções feitas por reis húngaros durante os séculos. Muita coisa foi destruída durante o domínio turco, como também durante a primeira e segunda guerras mundiais. Apesar disso, em todo o complexo há prédios esplendorosos que foram reformados e hoje podemos visitar.  

O bairro do castelo tem várias casas e edifícios públicos com estilo barroco, medieval e oitocentista. Portanto, recomendamos fazer uma caminhada pela região ou usar o ônibus turístico do castelo.

Este é o ponto principal da nossa lista sobre o que fazer em Budapeste e por isso está em primeiro lugar. Além disso, na colina do complexo do castelo há diversas atrações como o Palácio, o jardim, as esculturas e as cavernas, por exemplo.

  • Endereço: Szent György tér 2.
  • Horários: Aberto 24h.
  • Ingresso: O acesso geral é gratuito, mas recomendamos fazer uma excursão com guia para conhecer a história mais profundamente.

Museu de História de Budapeste

Poderíamos dizer que este é o Museu do Castelo de Budapeste, já que ele fica numa das alas do antigo palácio. No museu há exposições permanentes e periódicas que mostram de forma tradicional e interativa, a vida, costumes e tradições da família real e dos moradores locais.

Durante a visita, você poderá ver salas restauradas do palácio, a antiga capela e o salão gótico, por exemplo. Por lá também há exposições de peças que foram encontradas durante as escavações após a segunda guerra mundial.

  • Endereço: Szent György tér 2. Edifício “E” na parte sul do Castelo de Buda.
  • Horários: Aberto de terça a domingo das 10h às 18h.
  • Ingresso: 2400 Ft – A entrada é gratuita com o Budapest Card

Igreja Matthias

Igreja de São Mathias
Igreja de São Mathias

Ela que já foi a maior de Budapeste e uma das mais imponentes da Europa, a Igreja Matthias é um dos pontos a ser visitado no Castelo de Buda. Esta Igreja foi fundada pelo primeiro rei húngaro onde aconteceram diversas coroações e onde o Rei Matthias se casou.

O local também foi uma mesquita na época da ocupação dos turcos otomanos, passando por períodos franciscanos e jesuítas. Atualmente é uma igreja católica que apesar de ser muito turística ainda funciona com concertos, missas e casamentos.

  • Endereço: 2 Szentharomsag Square.
  • Horários: Aberto de segunda a sexta das 9h às 17h, sábado das 09h às 13h e domingo das 13h às 17h.
  • Ingresso: 1800 Ft – A entrada é gratuita com o Budapest Card de 72h Plus.

Bastião dos Pescadores

Bastião dos Pescadores em Budapeste
Bastião dos Pescadores

Monumento em homenagem às sete tribos magyares que fundaram o estado húngaro. Ela foi construída na virada do século com a conclusão em 1902, mas muita gente pensa que é bem mais antiga por causa do seu formato e de suas sete torres.

No bastião você pode visitar a Capela de São Miguel que é da idade média e fica escondida sob a muralha e pode ver a Estátua de Santo Estêvão. Esses dois pontos são complementares à visita das torres superiores do bastião.

  • Endereço: Krisztinaváros.
  • Horários: Aberto diariamente das 09h às 19h.
  • Ingresso: A visita aos terraços inferiores é gratuita, mas para entrar nas torres superiores custa 1000 Ft.

Estátua da liberdade de Budapeste

A estátua da liberdade de Budapeste, também chamada de Szobor Szabadság, na língua local, é outro ponto de visitação da cidade. Ela foi inaugurada em 1947, em comemoração à liberação soviética da Hungria das tropas nazistas da segunda guerra mundial.

Ela fica na Citadella, localizada em cima do Monte Gellért, e pode ser alcançada por uma trilha.

  • Endereço: Monte Gellért.
  • Horários: Aberto 24h.
  • Ingresso: Gratuito.

Ponte das Correntes

Ponte das Correntes
Ponte das Correntes

Esta é uma das pontes mais bonitas de Budapeste, tanto de dia quanto de noite, quando ela fica toda iluminada. Sem falar que é um dos pontos turísticos mais importantes e históricos da cidade que não pode ficar de fora da sua lista do que fazer em Budapeste.

Antigamente só havia uma ponte flutuante conectando Buda a Peste e foi então que em 1836 o Conde Széchenyi encomendou a construção da Ponte das Correntes, que teve o início de sua construção em 1842 e terminou em 1849.

Com certeza você vai passar pela Ponte Széchenyi Lánchíd e parar para tirar algumas fotos. Contudo se quiser ir mais a fundo na história, recomendamos fazer um city tour com um guia que vai te mostrar este e diversos pontos da cidade.  

Por fim, ali perto fica a Roda Gigante de Budapeste para um passeio ao final da tarde.

  • Endereço: Centro de Budapeste.
  • Horários: Aberto 24h.
  • Ingresso: Gratuito.

Ponte da Liberdade

A Ponte Szabadság foi construída em 1894 e inaugurada dois anos depois pelo Imperador Francisco José I. Ela é uma das 3 pontes do centro de Budapeste que passa pelo Danúbio. Esta é a que fica mais ao sul das três. 

Durante o dia esta ponte é muito bonita, mas à noite ela também fica toda iluminada e deve entrar como atividade para fazer em Budapeste. Portanto, ir à noite é o mais recomendado para tirar boas fotos.

  • Endereço: Centro de Budapeste.
  • Horários: Aberto 24h.
  • Ingresso: Gratuito.

Parlamento de Budapeste

Parlamento de Budapeste
Parlamento de Budapeste

O Parlamento de Budapeste, Országház, é o maior da Europa e o terceiro maior do mundo. Ele foi construído entre 1885 e 1904, todo em estilo neogótico e por isso chama atenção de qualquer pessoa que passe por lá. 

Se você quiser visitá-lo internamente, são vendidos ingressos limitados por dia, ou seja, esgota muito rápido. Por isso recomendamos fazer a visita com um guia e se quiser, pode ficar mais tempo por lá. 

Depois disso, recomendamos passear pela região para ver o monumento Sapatos à Beira do Danúbio feito em homenagem às pessoas que foram mortas no rio durante a Segunda Guerra Mundial.

A noite a melhor alternativa é fazer o passeio noturno de barco pelo Danúbio para você ver o Parlamento iluminado e de outro ângulo.  

  • Endereço: Kossuth tér 1-3.
  • Horários: Aberto diariamente de abril a outubro das 08h às 18h e de novembro a março das 08h às 16h.
  • Ingresso: 6700 Ft.

Ilha Margarita

Margitsziget é a ilha que fica quase de frente para o Parlamento e no meio do Rio Danúbio. Ela é um parque onde os moradores locais costumam praticar esportes ou vão apenas para apreciarem a natureza e relaxar em algum de seus bares.

Na ilha você vai poder ver a torre art nouveau, uma fonte musical e um pequeno jardim zoológico, por exemplo. Entre as atrações da ilha, o Hotel Ensana oferece banho termal em piscinas cobertas e ao ar livre, saunas e spa com massagem para passar o dia e relaxar durante as férias.

Para chegar lá você pode acessar através da Ponte Margaret ou através de algum passeio de segway e conhecer tudo de forma prática, rápida e confortável.

  • Endereço: Centro de Budapeste.
  • Horários: Aberto 24h.
  • Ingresso: Gratuito.

Mercado Central de Budapeste

Mercado Central de Budapeste
Mercado Central de Budapeste

O Nagycsarnok é um mercado gigante no centro da cidade que tem o estilo de mercado municipal. Ele está localizado no Boulevard Vámház, bem perto da Ponte da Liberdade e acessível ao turista. 

O mercado central de Budapeste é todo coberto, tem 3 andares e uma estrutura muito boa. São várias barracas e restaurantes que oferecem ingredientes e comidas de todos os tipos, das comuns às tradicionais da Hungria. Também é possível comprar artesanatos e souvenirs nos andares superiores.

  • Endereço: Vámház körút 1-3.
  • Horários: Aberto na segunda das 06h às 17h, terça a sexta das 06h às 18h e sábado das 06h às 15h.
  • Ingresso: Gratuito – Recomendamos fazer o tour no mercado com aula de culinária.

Museu Casa do Terror

O Terror Háza é um museu que fala sobre o passado nazista que conturbou a Hungria. São diversas salas com tvs e áudios que mostram o que aconteceu no passado e até um tanque de guerra está exposto dentro do museu.

Você pode fazer a visita completa a Casa do Terror com um guia que é historiador. Ele vai te passar informações mais completas de tudo que aconteceu e está exposto hoje nos quatro andares do local.

  • Endereço: Andrássy út 60.
  • Horários: Aberto de terça a domingo das 10h às 18h.
  • Ingresso: 3000 Ft.

Praça dos Heróis

Praça dos Heróis Hungria
Praça dos Heróis

A praça Hősök Tere e seus monumentos foram construídos para comemorar os 1000 anos de história dos magyares. Atualmente esta é uma das praças mais importantes da cidade e por isso não pode ficar de fora da sua lista do que fazer em Budapeste. 

As estátuas mostram os 7 magyares, assim como o Arcanjo Gabriel, diversos reis e figuras históricas. Sua inauguração foi em 1896 e desde o ano seguinte faz parte dos patrimônios mundiais da UNESCO.

É possível chegar de metrô, mas também dá para ir de ônibus turístico hop-on hop-off , pois tem conforto e agilidade de locomoção. Além disso, você pode usar o áudio guia que fala sobre todos os pontos que ele passa.

  • Endereço: Centro de Budapeste.
  • Horários: Aberto 24h.
  • Ingresso: Gratuito.

Hall da Arte Műcsarnok

O Palácio de Arte de Budapeste é um museu que mostra a arte contemporânea do país e de outros lugares do mundo. É lá onde estão expostas artes egípcias, quadros antigos, antiguidades clássicas e esculturas.

Bem de frente fica o Szépművészeti Múzeum, que é o Museu de Belas Artes de Budapeste. Você pode complementar a sua visita pela região indo aos dois museus de arte da cidade. Eles ficam junto à Praça dos Heróis.

  • Endereço: Dózsa György út 37.
  • Horários: Aberto de terça a domingo das 10h às 18h, porém na quinta-feira é das 12h às 20h.
  • Ingresso: 2200 Ft.

Bairro Judeu

Bairro Judeu de Budapeste
Bairro Judeu

O bairro judeu em Budapeste é a região do antigo gueto que abriga muita história e uma cultura quase que única na cidade. A budapeste judaica tem mais de 200 anos de história e abriga diversos prédios judeus como a Sinagoga da Rua Dohány, por exemplo, que é a segunda maior do mundo. 

Além disso, o Bairro Judeu tem arte espalhada em todos os cantos a começar pelos impressionantes e melhores bares de ruínas de Elizabeth Town. Nós fizemos o city tour pela street art da Budapeste do qual muitas delas estão por lá e depois passamos horas andando pela região. 

Praia em Budapeste

Pode até soar estranho, mas em Budapeste tem praia sim. Estamos falando da Romái Part, uma praia nas margens do Danúbio, ao lado da região central. Esta área também é chamada de praia ou costa romana onde os locais tomam banho de sol e praticam esportes, por exemplo. 

Nós adoramos esta região, pois além de ser diferente de tudo que já vimos, tem vários bares e restaurantes. Há alguns restaurantes que disponibilizam cadeiras de praia e outros que ficam na rua da orla às margens do rio.

Termas de Budapeste

Termas-de-Budapeste-Dagaly
Termas Dagály

Passar o dia tomando banhos nas termas de Budapeste é parte das atrações de quem busca o que fazer em Budapeste. Afinal, estamos falando de uma atividade relaxante, natural e diferente de tudo que temos no Brasil.

Existem dezenas de termas em Budapeste que vão desde as históricas até outras que parecem clubes de férias. Portanto, abaixo vamos falar das mais populares e outras que conhecemos durante as nossas viagens a Budapeste.

  • Széchenyi: Com uma gigantesca piscina externa e diversas piscinas internas, a Termas Széchenyi atrai muitos turistas pela sua beleza e história. Este é um dos melhores banhos termais de Budapeste e já falamos aqui no blog.
  • Gellért: Esta terma também é um dos locais mais famosos para banhos termais de Budapeste. Isso porque está num hotel histórico, no centro da cidade, tem piscinas aquecidas e com águas enriquecidas com minerais. Também é possível ficar hospedado no hotel Gellért.
  • Rudas: Com 450 anos de história, a Termas Rudas é uma excelente opção para visitar em Budapeste. No local é possível passar o dia nas piscinas termais, fazer esportes, massagens e tratamentos medicinais.
  • St. Lukács: Entre anos de história e tradições, esta terma entra na lista das visitadas por turistas. Quem tem o Budapest Card pode entrar de graça e passar o dia relaxando nas piscinas aquecidas naturalmente.
  • Palatinus: Localizada na Ilha Margarita, a Termas Palatinus além de bem localizada é ótima para a família. Isso porque tem piscina de ondas, piscinas infantis com brinquedos e uma piscina com tobogã. 
  • Dagály: Esta é uma opção que atrai mais as pessoas locais, o que pode ser interessante se você quiser conhecer mais dos costumes do povo hungaro. Nós visitamos e falamos mais sobre esta termas e a anterior aqui no blog.

Passeios de barco em Budapeste

Entre a Ponte Elisabeth e a Ponte das Correntes partem diversos passeios de barco, tanto de dia quanto de noite. Os tours vão desde uma pequena volta pelo rio até passeios com festa, música e bebidas, por exemplo.

Não deixe de dar uma pesquisada na lista de passeios de barco em Budapeste que está disponível no Get Your Guide. Isso porque você pode ver todas as opções, escolher datas e valores.  

Abaixo ficam algumas opções para você ver e escolher a que melhor encaixa na sua viagem.

  • Passeio simples: Este é um dos passeios de barco em Budapeste mais procurados, pois é mais em conta e dura apenas uma hora. 
  • Barco com festa: Quem quer curtir a noite de forma diferente, deve fazer este passeio, afinal estamos falando de uma pequena balada. O ambiente é bem jovem e você vai poder curtir a festa durante algumas horas com DJs, música e bebidas.
  • Cruzeiro e culinária: Este passeio envolve culinária e música, portanto aproveite um bom prato local enquanto faz o passeio pelo rio Danúbio apreciando a vista da cidade ao som de música ao vivo.
  • Barco com jantar e show: Esta é uma das melhores opções para se envolver ainda mais na cultura do país, pois tem jantar e show folclórico. A equipe do show vai te apresentar o que há de melhor.
  • Natal e Ano Novo: Quem viaja no período de festas no final do ano, tem a opção de fazer o passeio com ceia de Natal ou de Ano novo. Temos certeza que será um dia inesquecível para as suas festas de final de ano. 
  • Cruzeiro Romântico: Faça o passeio de barco em Budapeste no dia dos namorados em fevereiro, ou seja, será um dia romântico com quem você ama numa das cidades mais bonitas da Europa.

O que fazer a noite em Budapeste

Szimpla Kert Bar
Szimpla Kert Bar

Quem pensa em aproveitar a noite e busca o que fazer em Budapeste para curtir os diversos bares e baladas da cidade, tem várias opções. Além disso, quem quer uma noite mais tranquila, também não fica de fora. 

Para começar, Budapeste à noite é linda, pois todas as suas pontes e o castelo na colina ficam iluminados. Portanto, para quem quer algo mais tranquilo, recomendamos escolher um bom restaurante e fazer um passeio de barco noturno ou quem sabe ir ao Castelo de Buda à noite.

Se você quer conhencer os famosos bares nas ruínas como o Szimpla, recomendamos ir para o bairro judeu, pois há uma grande variedade de bares e boates na região. Uma dica é se juntar a maratona de bares que tem direito a shots e entradas vips. Também tem o barco de festa com open bar para você se divertir.

Finalizando, o termas de Széchenyi tem uma festa de Pool Party que acontece semanalmente durante a noite. Curtir a noite dentro das termas ao som de djs é um programa divertido e bem diferente para fazer em Budapeste.

Seguro viagem pelo mundo

Sabemos que é importante contratar um bom seguro em todas as viagens, mas ao viajar pelo mundo, é mais importante ainda. Isso porque você estará exposto a diversas condições e só de estar fora de casa já é um motivo mais do que suficiente para estar protegido.

Além disso, um seguro viagem cobre imprevistos como malas extraviadas e atrasos de voos, por exemplo. Em todos os casos, é melhor prevenir do que remediar! Por isso, recomendamos que tenha em mãos o seguro viagem de boa qualidade e alta cobertura para embarcar com uma segurança extra em qualquer emergência.

Acessando o site da nossa parceira, Seguros Promo, você terá uma lista completa com as melhores seguradoras, preços acessíveis e descontos incríveis. 

Passeios em Budapeste

Agora que você já sabe o que fazer em Budapeste, é hora de fazer as reservas. Com o Get Your Guide, nosso parceiro de confiança para ingressos e passeios no mundo todo, você só tem vantagens e é por isso que o recomendamos o tempo todo.

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest
10 Comentários
Mais velhos
Mais novos Mais votados
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Ludmilla
Ludmilla
7 anos atrás

Bom dia!!! Sou de recife e to fazendo meu roteiro para a Europa. Praticamente vou fazer igual ao seu, pois eu amei!!! Tá muito organizado e prático!!!! Tenho umas dúvidas…. Como vou viajar muito de um lugar a outro de ônibus, se eu comprar aqui em recife às passagens, vou pagar muito IOF do cartão. Será que dá para eu deixar para comprar só na Europa? Nos EUA eu consegui fácil. Mas nunca fui para o leste europeu. Por exemplo, vou de Budapeste para Bratislava e de lá para Viena….. E eu posso fazer tudo só com euro, ou devo… Read more »

Ludmilla
Ludmilla
7 anos atrás

Muito obrigada!! Estava pensando em cancelar a viagem por conta dos atentados por lá. Mas rsolvemos continuar a viagem. Foram ótimas suas dicas!! Vou proveitar todas

camila
camila
7 anos atrás

Flavio, adoramos seu roteiro!!! muito prático e com detalhes importantes!! obrigada!!

Elis Rainer
Elis Rainer
7 anos atrás

Oi Flávio estou indo daqui a duas semanas para Budapeste, e com certeza vou usar suas dicas, obrigada.

Bruna Michels
Bruna Michels
7 anos atrás

Boa Tarde, Flávio! Tudo Bom?
Estou indo para Viena – Praga – Budapeste e Bratislava no dia 25/01/2016. Ficarei 15 dias.
Estou levando 750 reais para ficar 3 dias e meio em Budapeste. Você acha que é suficiente? Sendo que pretendo gastar 450 reais com alimentação e 300 com passeios?

Muito Obrigada! Adorei suas dicas!

Estamos viajando pelo mundo desde 2015 e mostrando tudo para vocês aqui no Viaje Leve. Quer conhecer o mundo de uma forma diferente? Vem com a gente que te mostramos!

Sobre o Blog

Brasil

ViajeLeve.net © 2015 – 2023. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

10
0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x