Mercado Ver-o-Peso: Conheça o Complexo e seus Setores

por Viaje Leve
Mercado Ver o Peso -Restaurantes em Belém do Pará

Se você está planejando visitar Belém e gosta de experiências culturais e gastronômicas, você precisa conhecer o complexo do Mercado Ver-o-Peso! Esse é um dos mercados mais antigos e famosos do Brasil, com mais de 400 anos de história. Ainda é um lugar incrível, cheio de cores, sabores e histórias e que encanta os olhos e o paladar, com sua arquitetura, paisagem e sua variedade de produtos regionais. 

Neste artigo, vamos te mostrar como o Ver-o-Peso se tornou um símbolo da cultura e da gastronomia paraense. Você vai saber o que pode ver, comprar e comer lá, especialmente o peixe frito com açaí, um prato que é a cara do norte do país. Quer saber mais? Então não perca tempo e venha viajar conosco pelo Mercado Ver-o-Peso, na charmosa Belém do Pará!

Sabia que é importante fazer um Seguro Viagem Nacional?

Quando falamos de fazer uma viagem, mesmo que pelo Brasil, a segurança sempre deve vir em primeiro lugar. Por isso, indicamos que faça um seguro viagem nacional para não depender do SUS numa emergência. Ele é imprescindível para você viajar com tranquilidade e aproveitar as atrações, passeios, montanhas e praias do nosso país. O nosso parceiro Seguros Promo é um comparador de seguro viagem que garante os melhores preços. Faça uma cotação, conheça excelentes seguros para a sua viagem e ainda ganhe 15% de desconto usando o código VIAJELEVE15.

QUERO UM ORÇAMENTO

Neste artigo você verá:

História do Mercado Ver o Peso

O Mercado Ver-o-Peso é um lugar histórico e cultural de Belém do Pará, que fica na beira da baía do Guajará. Ele começou em 1625 como um posto de fiscalização e comércio chamado Casa de Haver-o-Peso e em 1897, uma empresa ganhou a licitação para construir um novo mercado de ferro, que foi inaugurado em 1901. 

Esse é um ponto turístico imperdível da cidade, já que o mercado, que é um dos mais antigos do Brasil, foi considerado uma das 7 maravilhas do país! Outra boa razão para conhecer o local é que você pode encontrar de tudo: roupas, comidas, ervas e temperos locais, artesanatos e muito mais. O mercado é abastecido por barcos que chegam nas docas do complexo, trazendo produtos das ilhas e do interior do estado.

Além disso, o Ver-o-Peso é a maior feira livre da América Latina e um lugar de muita vida e diversidade cultural. 

Estrutura e arquitetura do mercado

O Mercado Ver-o-Peso é um lugar que combina a história e a cultura de Belém em sua estrutura e arquitetura. Ele faz parte do Complexo do Ver-o-Peso, que contém prédios considerados patrimônios históricos e protegido pelo IPHAN desde 1977. 

Os principais espaços do Ver o Peso são:

  • Mercado de Peixe, que tem um estilo art nouveau feito com ferro vindo da Europa em 1899;
  • Mercado de Carnes Francisco Bolonha, que tem uma fachada neoclássica, vitrais coloridos, inaugurado em 1901; 
  • Porto de Ver-o-Peso, que é onde os barcos trazem os produtos das ilhas e do interior, que existe desde 1803;
  • Feira do Açaí, que vende a conhecida fruta típica da região desde cedo até o meio-dia; 
  • Praça do Relógio, que tem um monumento em homenagem à república e que recebe eventos culturais e manifestações populares.

Além desses, existem uma série de restaurantes e paisagens naturais para repor as energias, registrar os momentos e descansar entre um passeio e outro. 

Onde fica o Mercado Ver o Peso  – Como chegar

O Mercado Ver o Peso fica na zona portuária de Belém, entre o Porto das Docas e o Forte do Presépio, outro ponto turístico importante da capital paraense. Sendo assim, você pode contar com diversas opções de transporte para chegar na região e uma grande facilidade por ter diversas vias de acesso.

Ônibus: Para chegar ao local, você pode usar os ônibus urbanos que passam perto do mercado, como as linhas 309, 548, 758, 906, 907 ou 911. 

Carro: Você também pode usar os aplicativos para traçar a melhor rota se estiver de carro, já que há boa sinalização no local pelo GPS. Alugue um carro para aproveitar melhor a região e principalmente para ter mais conforto em Belém do Pará.

Passeio: Nada como conhecer a cidade com o conforto e a comodidade de fazer um passeio com guia e motorista que te busca e deixa no hotel. Por isso, reserve já o seu passeio em Belém, para descobrir todos os encantos da cidade.

Como é a visita ao complexo do Mercado Ver o Peso

Feira de frutas no Mercado Ver o Peso

Desde que começamos a planejar a viagem para Belém, o complexo Ver o Peso era um dos pontos turísticos que mais estávamos empolgados para conhecer. Além dos prédios históricos com ares da colonização, o local tem a vista das águas do porto e uma bela paisagem. 

O mais legal é que a área combina a arquitetura clássica dos prédios culturais com barracas e quiosques de produtos, além é claro, dos restaurantes com pratos típicos de Belém e os camelôs em que se pode encontrar de tudo. 

Mas não pense que o complexo há desorganização. Na feira, por exemplo, cada “rua” que separa as barracas tem o nome dos itens que são vendidos, então tem a rua camarões e a rua farinha, por exemplo. Por isso é bem divertido e intuitivo caminhar pelo local, mas existe bastante movimento em alguns dias, então fique atento aos horários de visitação. 

Mercado de Peixes – Mercado de Ferro

Essa é uma parte interessante do complexo para quem é fã de peixes, pois aqui você encontra diversos tipos de peixes frescos da região amazônica. Os peixes mais comuns que você vai encontrar nesta parte do mercado são o tambaqui, pirarucu, tucunaré, pescada-amarela, dourada, entre outras. 

Os peixes são muito variados, peixes de água doce, de água salgada e vários frutos do mar. Além dos peixes inteiros ou em postas, você também pode comprar a grude, que é uma iguaria muito apreciada na culinária chinesa, mas que também é muito consumida no norte do Brasil.

Mercado de Carnes Francisco Bolonha – Mercado de Carnes  

O Mercado Francisco Bolonha é um lugar que mistura história, cultura e gastronomia, um dos símbolos do complexo do Ver-o-Peso. Aqui você pode encontrar uma variedade de produtos típicos da Amazônia, mas o principal produto são as carnes bovinas, de búfalos provenientes da Ilha do Marajó e suínas. Há uma pequena sessão de produtos religiosos, frutas tropicais e temperos típicos da culinária regional. 

Além de se deliciar com as cores e sabores da região, você também pode admirar a beleza da construção de ferro, que foi trazida da Europa no século XIX e restaurada recentemente. Sua escadaria central e seu pequeno mirante foram cenário da série Cidade Invisível da Netflix, que se passa na Amazônia e no Pará.

Solar da Beira

O Solar da Beira é um prédio histórico que faz parte do complexo e já serviu como recebedoria de rendas e restaurante, mas atualmente tem uma feira de artesanato. Também é um bom lugar para ter uma vista privilegiada da imensidão do mercado. Bem protegido, o local conta com banheiros públicos e um posto da Guarda Municipal, além de ter recebido uma reforma recentemente para a sua reinauguração em 2020. Vale a pena visitar e ter uma nova visão do mercado, suas barracas e prédios anexos.

Porto do Ver-o-Peso – Porto das Docas

Complexo do mercado Ver o peso
Complexo do Mercado Ver o peso

O Porto do Ver-o-Peso, também chamado de Porto das Docas, tem um papel importante em todo o funcionamento do complexo. É pelas águas da baía que chegam as embarcações com itens que abastecem o Mercado Ver o Peso. Elas trazem diversos produtos típicos e produções das pessoas da cidade que vivem de atividades sustentáveis e da rica diversidade que tem Belém do Pará. 

Feira do Açaí Ver-o-peso

A feira do Açaí é puro turismo de contemplação e conhecimento. Pela manhã bem cedo, os cestos estão lotados da fruta que adoramos consumir geladinha e com iguarias. Lá você pode ver o açaí in natura e como os vendedores e compradores fazem a negociação do produto.

Além disso, a feira se tornou uma fonte de descobertas para os visitantes: você sabia que existe um açaí branco? Ele é um pouco mais caro que o tradicional e sua espécie não sofre a mutação da cor, mesmo estando completamente maduro fica verde. No entanto, seu sabor é ainda melhor, e ele é vendido como uma iguaria por lá.

Camelôs

Os camelôs do Mercado Ver-o-Peso são uma parte importante da experiência de compras no mercado. Eles vendem uma variedade de produtos como roupas, sapatos e eletrônicos, ou seja, essa parte tem mais itens do dia a dia. Ao caminhar por lá, você vai perceber porque o mercado é um importante ponto turístico da cidade e é conhecido por ser o maior mercado a céu aberto das Américas.

Restaurantes, barracas e quiosques

Praça de alimentação do Mercado Ver o peso
Praça de alimentação do Mercado Ver o peso

A parte da praça de alimentação do mercado Ver o Peso é grande e bem diversificada. Ela é dividida em dois setores, uma na parte inferior e outra na parte superior do mercado, mas que tem restaurantes que servem basicamente os mesmos tipos de alimentos. 

Por lá você encontra vários box com comidas típicas, churrasco, pratos preparados com os peixes regionais, temperos da região e açaí do jeito mais fresco e tradicional possível. Além disso, também tem as docerias e lanchonetes, com lanches, doces, bolos e sobremesas deliciosas.

Nós provamos o peixe dourado frito e o açaí in natura que é bem forte e por isso vem com açúcar e farinha para acompanhar o prato. O pessoal por lá come esse creme de açaí puro com o próprio peixe, que tem um sabor interessante. Os acompanhamentos, principalmente a farinha, caem super bem e acrescentam textura e sabor ao prato. 

Essa forma de consumo é bem diferente da nossa maneira de comer o açaí, mas vale a experiência. Você vai se deliciar, entrar na cultura local e ainda provar o prato mais consumido de todo estado do Pará e claro, de Belém.

Artesanato

A feira de artesanato do Ver-o-Peso é um verdadeiro deslumbre aos olhos, pois tem uma grande variedade de produtos artesanais locais, como cerâmica, tecidos e jóias. É um dos lugares mais acessíveis para comprar artesanato, inclusive lembrancinhas da viagem para presentear os amigos e colecionar. 

Você também encontra utilidades para a cozinha, inclusive itens para preparar os pratos típicos da região. Nós compramos algumas cuias e cestas que normalmente são servidos o tacacá, que é um prato tradicional na culinária paraense e dos estados do norte do Brasil. 

Sucos e polpas

Além das opções de comida, tem bastante opção de sucos e polpas, para se refrescar do calor e provar os sabores regionais. Você encontra várias opções locais, como açaí, guaraná, cupuaçu, taperebá e muito mais. Além de tomar o suco no local, também dá para comprar as polpas e consumir depois, o que pode ser bem legal se na sua estadia você tiver essa possibilidade. 

Nós provamos o de cupuaçu e o de taperebá, frutas comuns da região, que tem um sabor único e delicioso. Também experimentamos os biscoitos de castanha do Pará e o biscoito salgado de jambu, a erva famosa por tremer a boca, que as pessoas do norte usam na culinária local e para a produção da famosa cachaça de jambu.

Frutas e castanhas

Castanha do Brasil
Castanha do Brasil

Falando em frutas e castanhas, o mercado Ver o Peso oferece uma variedade incrível de frutas tropicais e regionais, como açaí, muruci, pupunha, bacuri, cupuaçu e ingá. Você também pode saborear as castanhas do Pará frescas e deliciosas, que são um dos símbolos da culinária local. 

Uma dica é conhecer a Banca da Carmelita, um local bem conhecido do Ver-o-Peso que está há 42 anos vendendo frutas locais, e o Nonato, uma parada obrigatória para comprar a famosa castanha do Brasil ou castanha do Pará.

Cachaça de Jambu e molho de tucupi

Em outro setor tem as barracas de tabaco, rapé e bebidas. Encontramos uma barraca que vende uma grande variedade de cachaça de jambu e o licor de jambu, com valores bem acessíveis e um produto totalmente artesanal. 

A cachaça de jambu vem com as flores da erva, que é o que faz a língua “tremer”, como dizem na região. A bebida tem o efeito meio anestésico e deixa a boca um pouco dormente por uns instantes, mas a sensação é uma experiência à parte. 

O molho de tucupi é uma estrela de muitos pratos da culinária local, como o famoso pato no tucupi e você pode encontrar no mercado. No entanto, seu preparo não é muito fácil, ele é feito com o caldo da mandioca brava e após separar o tucupi do amido, precisa ser fervido para eliminar o veneno. Depois, ele precisa ser fermentado por alguns dias antes de ser servido como uma iguaria local. 

Peixes e camarão seco

As barracas dos peixes são bem interessantes, o local se parece com uma feira a céu aberto e tem uma grande variedade de camarões e também uma parte que vende peixes defumados e salgados. Tem vários tipos de peixes e camarões, ambos secos e prontos para preparar um tipo de prato diferente. 

Os valores são acessíveis e vale a pena comprar se você tiver como provar. Caso não tenha essa possibilidade, como a gente, ainda assim vale a pena passar por lá para conhecer os diferentes preparos dos pescados secos.

Maniva

No mercado também encontramos a maniva, que é um pedaço do tronco adulto da mandioca que é plantado para fazer uma nova cultura. A folha da mandioca também é conhecida por esse nome, principalmente no Pará, onde é bastante utilizada na culinária e leva cerca de 8 dias cozinhando para que as pessoas possam consumir.

Um dos pratos típicos paraenses que tem a maniva como ingrediente principal é a maniçoba, que por sinal é uma delícia e está disponível nos melhores restaurantes de Belém

Farinha de mandioca

Em nosso passeio desbravando o mercado Ver o Peso, encontramos o setor de farinhas, com vários tipos de farinha de mandioca, de vários tipos de grãos e para vários tipos de uso. Isso porque a farinha de mandioca é bem consumida na região, um ingrediente sempre presente no dia a dia e nos pratos de comidas típicas do Pará. Você vai perceber que em todos os restaurantes, a farinha vem como acompanhamento dos pratos.

Ervas e perfumes

Chegamos a um setor bem interessante da feira, onde ficam as ervas naturais. Descobrimos que a raiz da priprioca é muito utilizada para saúde, comida e saboaria. Além disso, também existe uma cerveja na Estação das Docas que é feita da raiz dessa planta local. Tem muita coisa por lá, desde os produtos artesanais naturais prontos, como os óleos essenciais, por exemplo, até as raízes e plantas locais. 

Eventos e festivais no mercado

Além de ser um dos pontos turísticos mais visitados em Belém, o Ver o Peso também é palco de festivais e eventos em alguns períodos do ano. Um dos eventos mais famosos é o Festival Ver-o-Peso da Cozinha Paraense, que é o maior festival gastronômico do norte do Brasil. Ele acontece desde os anos 2000 e foi criado para levar a culinária local para outros lugares do país. 

O que visitar perto do Mercado Ver o Peso

Casa do Saulo das Onze Janelas
Casa do Saulo das Onze Janelas

Além de toda essa diversidade, você não precisa se limitar ao passeio pelo mercado, pois há muito o que fazer em Belém, incluindo pontos turísticos importantes próximos ao complexo do Ver o Peso. Sendo assim, você pode unir a visita do mercado a outras atrações da região e fazer um tour guiado no centro histórico.

Uma ótima opção é conhecer o Centro Histórico, que também é chamado de Complexo Feliz Lusitânia. Esse conjunto arquitetônico reúne alguns dos principais monumentos da cidade, como o Forte do Presépio, a Igreja Santo Alexandre que guarda o Museu de Arte Sacra, o Espaço Cultural Casa das Onze Janelas e a Catedral Metropolitana de Belém Nossa Senhora da Graça. Você vai se encantar com a beleza e a história desses lugares.

Outra dica é curtir a Estação das Docas, um antigo porto que foi revitalizado e transformado em um polo gastronômico e cultural. Lá você vai encontrar muitos bares e restaurantes para todos os gostos e bolsos, além de shows, exposições e eventos. Aproveite para curtir a vista do rio e o belo pôr-do-sol.

E se você ainda quiser fazer umas comprinhas, pode dar uma volta no centro comercial que tem lojas de todos os tipos. Você vai encontrar desde roupas e acessórios até produtos regionais e souvenirs.

Hotéis perto do Mercado Ver o Peso

Se assim como nós você gosta de comodidade e quer conhecer todo Mercado Ver o Peso e os pontos turísticos próximos, é uma boa ideia ficar em um hotel próximo do local. Isso porque você poderá curtir o passeio ao máximo e não gasta muito com a locomoção. Então, veja a seguir algumas opções de hotéis em Belém que ficam pela região do mercado:

  • Mercure Belém Boulevard: Hotel confortável e prático em Belém, que fica perto do Boulevard Shopping Belém e tem quartos com ar-condicionado e vista. Além disso, você pode contar com piscina, sauna, academia, salão de jogos e recepção 24 horas.
  • ibis Styles Belém Batista Campos: Hotel confortável e bem localizado no centro de compras de Belém, com quartos com ar-condicionado e sinal de Wi-Fi, estacionamento grátis, serviço de quarto e recepção 24 horas.
  • Rede Andrade Docas: Este hotel fica perto da Basílica de Nazaré e da Catedral da Sé em Belém. O hotel tem quartos com ar, TV e banheiro, Wi-Fi grátis e estacionamento pago. Tem também academia, espaço para eventos e recepção 24 horas.
  • Atrium Hotel Quinta de Pedras: Este é um hotel em Belém com Wi-Fi, TV a cabo, lavanderia e academia. Fica perto de pontos turísticos como Feliz Lusitânia e Mercado Ver-o-Peso.
  • Hotel Princesa Louçã: Hotel confortável e bem localizado em Belém, com vista para a baía. Tem piscina, salão de beleza, academia, restaurante e recepção 24 horas. Além disso, os quartos têm ar-condicionado, TV a cabo, banheira, cofre, frigobar e cafeteira. 

Acesse a lista completa de hospedagem em Belém perto do Mercado Ver-o-Peso

Informações complementares

Quer o endereço certinho do Mercado Ver o Peso para programar seu passeio em Belém do Pará? Confira e não se perca no caminho: 

  • Endereço: Blvd. Castilhos França – Campina, Belém – PA
  • Horário: Aberto de segunda a sábado das 5h às 18h30
  • Dica: Visite o Mercado Ver-o-Peso pela manhã e vá com roupas confortáveis, pois faz muito calor na cidade.

Quer saber como foi nossa visita ao Mercado Ver-o-Peso? Assista nosso vídeo!

Durante nossos dias em Belém do Pará, gravamos muita coisa legal para nosso canal do Youtube. Assistindo a esse vídeo você poderá ver mais sobre o Mercado Ver o Peso e como foi nossa visita. Aproveite e se inscreva em nosso canal, pois postamos vídeo toda semana. Além disso, você receberá uma notificação sempre que a gente postar um vídeo novo e pode ser um dos primeiros a saber das novidades!

Seguro viagem nacional

Quando falamos em fazer uma viagem, a segurança deve vir sempre em primeiro lugar! Por isso, queremos deixar algumas dicas sobre seguro viagem nacional, pois ele é imprescindível para você sair de casa com tranquilidade e aproveitar cada atração e passeio da cidade.

Um seguro viagem nacional te dará cobertura para atendimentos em qualquer tipo de emergência, além de outros imprevistos que possam acontecer durante sua viagem como extravio de malas e atraso no voo. 

Caso seu plano de saúde não tenha abrangência na região norte, é mais do que recomendado que se faça um seguro viagem para garantir a tranquilidade em todos os momentos.

Com um seguro viagem você não vai se preocupar com isso, pois terá cobertura para qualquer emergência e ele não vai custar nem 5% do orçamento da sua viagem. Sem falar que você não vai querer ficar na fila do SUS durante as férias, né verdade?!  

Clique no botão abaixo, faça um orçamento sem compromisso e veja como é fácil viajar seguro!

Perguntas frequentes

Qual o melhor horário para ir no Ver-o-Peso?

O melhor horário para visitar o Mercado Ver-o-Peso é pela manhã, quando a região ainda está tranquila e o calor não é tão intenso. Veja mais informações

Qual a origem do Ver-o-peso?

O Ver o Peso começou como um espaço para controlar produtos e cobrar impostos do que entrava e saía da região norte do Brasil. Veja mais informações

O que faz parte do complexo Ver-o-Peso?

O complexo do Mercado Ver o Peso tem barracas de produtos locais com castanhas, farinhas, peixes, artesanato, frutas e carnes, por exemplo, e camelôs. Veja mais informações

O que visitar perto do Mercado Ver-o-Peso?

Próximo ao complexo do Ver o Peso, fica o centro histórico com atrações como o Forte do Presépio e a Catedral Metropolitana de Belém, por exemplo, e a região comercial. Veja mais informações

Passeios em Belém do Pará

Agora que você conhece o Mercado Ver o Peso e sabe sua história, seus setores e detalhes do local, que tal se programar para viajar para Belém do Pará?! Sua viagem pelo norte do Brasil pode ficar mais completa com os incríveis passeios que existem por lá. Então, veja abaixo as melhores opções de excursões e passeios pela região, e faça sua reserva!

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Estamos viajando pelo mundo desde 2015 e mostrando tudo para vocês aqui no Viaje Leve. Quer conhecer o mundo de uma forma diferente? Vem com a gente que te mostramos!

Sobre o Blog

Brasil

ViajeLeve.net © 2015 – 2023. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x