Golpes no Egito: Perrengues e Furadas no país

por Flávio Mendes
Pirâmides do Egito

O turismo no Egito tem crescido cada vez mais, e com isso algumas experiências acabam sendo negativas. Falo isso porque os golpes no Egito são recorrentes, mas isso não é exclusividade do país, já que isso acontece de Paris à Salvador. Não temos intenção de falar mal do país, tampouco desestimular você a viajar, mas sim, de alertar a todos os visitantes. 

Neste artigo, nós vamos falar sobre os golpes mais comuns a turistas no Egito e como foi nossa experiência ao viajar pelas terras dos faraós. Afinal, nós fomos furtados e quase caímos em várias situações inconvenientes das quais você verá aqui. Siga com a leitura e não caia no conto do vigário egípicio. 

Sabia que o Seguro Viagem é super importante numa viagem para África?

Conhecer o continente africano é o sonho de muita gente, por isso você deve se atentar com a segurança e saúde ao visitar os templos, safáris, fazer passeios entre a vida selvagem e provar a incrível culinária local. Por isso, indicamos o nosso parceiro Seguros Promo que é um comparador de seguro viagem que garante os melhores preços. Faça uma cotação e conheça excelentes seguros para a sua viagem, ganhando 15% de desconto usando o código VIAJELEVE15.

QUERO UM ORÇAMENTO

Neste post você vai ver:

É seguro viajar pelo Egito?

O Egito já foi um país mais turístico até estourar a guerra há alguns anos atrás e vem se recuperando no decorrer dos últimos anos. Mesmo essa guerra tendo terminado, vez ou outra acontecia uma rebelião pelo país e por reflexo, até hoje muitas pessoas ficam com medo de visitar o país e se perguntam se é seguro viajar pelo Egito.

Nós viajamos pelo país logo depois de todo o ocorrido e achamos que foi tranquilo. Apesar de ver alguns policiais com armamento pesado, era apenas para segurança de alguns prédios públicos. Portanto, quando falamos de segurança quanto a ataques e atentados, acreditamos que o Egito hoje é seguro. 

No entanto, quando se fala de golpes no Egito que acontecem contra turistas desavisados, acontece bastante. Isso não se trata de segurança, já que as pessoas que aplicam esse tipo de coisa, não atenta contra a vida de ninguém. O importante é ficar alerta a quem está ao seu redor durante a sua viagem para qualquer lugar e não achar que porque está fora do Brasil não haverá riscos.

Como evitar cair em golpes no Egito

Para evitar que você caia em golpes no Egito, é importante que fique atento a quem está à sua volta, como mencionei anteriormente. Mas, além disso, você pode seguir algumas dicas que vamos deixar abaixo. Com essas dicas, sua viagem será mais tranquila e proveitosa, já que você não passará por perrengues e furadas!

  • Faça passeios com agências de viagens conhecidas, para que o assédio de vendedores diminua.
  • Não toque nos objetos ao entrar numa loja, pois você pode cair no golpe do presente quebrado.
  • Não dê atenção aos vendedores ou prestadores de serviços, e não pergunte os preços se você realmente não for adquirir o objeto.
  • Pergunte os preços do que não tiver explícito, certifique-se de que a pessoa está cobrando em libras egípcias e negocie!
  • Não compre qualquer ingresso fora dos guichês de venda oficial da atração, muito menos de cambista.
  • Não acredite se alguém te falar que pode fazer algo ao contrário do que as placas falam sobre regras.
  • Não aceite ajuda de qualquer estranho e desconfie de preços muito baixos.

Golpes no Egito mais comuns

Mesquita na cidade de Alexandria no Egito
Mesquita na cidade de Alexandria

Como você viu, uma viagem ao Egito pede programação, pesquisa e estudo sobre cada local que você vai. É bem importante que pesquise preços de cada atração, transporte, passeios, alimentos e tantas outras coisas, para que evite cair em golpes. Além disso, a viagem pede que tudo seja organizado com antecedência e de preferência com passeios feitos com agências. 

Falo isso porque tentamos fazer tudo por conta própria, mas percebemos que tem muita coisa que não dá para fazer sozinho, pois há necessidade de um carro e de uma pessoa local, por exemplo. É por isso que também preparamos esse post sobre os golpes no Egito, pois assim ajudamos os futuros viajantes a se resguardar.

Veja a seguir os golpes mais comuns que acontecem com turistas.

Presentes quebrados

Nós quase caímos neste golpe durante nossa viagem ao Egito, mas como tínhamos lido sobre alguns casos de “pegadinhas” com turistas por lá, evitamos uma bela dor de cabeça. Nós estávamos interessados em comprar presentes, mas quando percebemos que poderíamos passar por um problema desses, saímos da loja imediatamente.  

Esse golpe acontece quando você vai a uma loja de presentes e o vendedor te apresenta um objeto. Ele te mostra a peça, fala sobre ela e te dá na mão. Então você pega, olha e devolve ou coloca em algum lugar da loja e depois o vendedor fala que você quebrou o objeto e que tem que pagar por isso. 

Na verdade, o objeto já estava quebrado, mas você não percebe porque o vendedor está mostrando várias coisas ao mesmo tempo. Normalmente as pessoas falam muitas coisas ao mesmo tempo, mostram muitas coisas e falam alto, para você se distrair e não perceber o que está acontecendo.

Em nosso caso, o vendedor queria nos dar uma peça feita de pedra que estava com papel de jornal na parte de baixo, onde o vendedor segurava o objeto e queria colocar em nossas mãos. 

Passeio de camelo

Piramides-de-Gizé
Passeio de camelo nas pirâmides de Gizé

Ir ao Egito e fazer um passeio de camelo para tirar aquela foto é super tradicional e quando você estiver por lá, provavelmente vai querer fazer o mesmo. Mas fique atento, pois é aí que está um dos golpes no Egito mais comuns que os turistas caem. 

O golpe do camelo acontece de várias formas, mas sempre está relacionado ao valor. Por isso, você deve se certificar e negociar o preço para subir e descer do camelo, quanto tempo de passeio, quanto fica para tirar fotos e principalmente em qual moeda vai pagar o valor acertado.

Mesmo que você faça um passeio com a agência, fique atento se há taxas extras. Se você estiver com guia particular, peça para ele lhe apresente um condutor de camelos mais confiável e peça que ele negocie, mas sem esquecer das questões mencionadas anteriormente. 

Produtos sem o preço

Como falamos há pouco, para evitar que você caia em um golpe, pergunte e negocie o preço, sempre! Isso porque os golpes no Egito mais comuns são relacionados a preço, já que existe uma grande suposição de quem viaja é rico e tem muito dinheiro para gastar.

No Egito, você deve ter atenção aos preços da seguinte forma: se o valor não estiver explícito, pergunte, pois a conta pode vir quatro vezes maior que o normal. Se você chegar num restaurante que não tem cardápio, por exemplo, pergunte as opções de pratos e o preço de cada um, garantindo assim o valor correto na hora de pagar a conta. 

Outra coisa bem comum é o vendedor ou prestador de serviço falar o preço mas não falar que é em libras egípcias. Sendo assim, ele vai te falar que o preço era em euros ou dólares americanos. Há ainda quem fale o preço em libras, mas não menciona que é em libras esterlinas e não em libras egípcias.

Ainda existe o golpe do preço para metade do serviço, como por exemplo, o vendedor falar o preço para você apenas olhar ou tirar foto. Pior ainda é o preço para subir no camelo, mas ainda há um preço para descer do bicho. Então tente sempre buscar os preços com detalhes.

Gorjetas e taxas

Moeda do Egito - Libra egípcia
Moeda do Egito – Libra egípcia

Fazer os passeios com guia, motorista e agência de viagens local, com serviço particular ou em grupo não quer dizer que você não precisa dar gorjetas. Falo isso porque as gorjetas no Egito fazem parte da cultura e acabam sendo parte quase obrigatórias dos pagamentos dos serviços. 

Sendo assim, sempre tenha dinheiro trocado para dar gorjetas a qualquer pessoa que lhe prestar algum serviço. Isso vale para o guia, motorista, garçom, recepcionista, carregador de mala, etc. Em um restaurante, você vai perceber que na conta virá duas taxas, sendo uma delas a taxa de serviço, mas mesmo assim, a gorjeta é esperada. 

Durante nossa viagem para o Egito, fechamos alguns passeios com motorista particular e mesmo tendo pago um preço bem alto, a gorjeta nos foi pedida. Após um dia inteiro conhecendo todos os lugares que estavam em nossa lista e tudo ter corrido certo, na volta para o hotel, o motorista não satisfeito, ficou insistindo por um valor extra.

Guia das atrações

Nós não vimos muita gente falando sobre isso antes de conhecer o Egito, mas foi uma coisa que nos incomoda bastante. Estou falando sobre os falsos guias que ficam nas atrações turísticas oferecendo seus serviços. Vimos muitos deles no Vale dos Reis em Luxor, bem como na região das Pirâmides de Gizé e em locais históricos como esses. 

A verdade é que mesmo com crachás e qualquer outra documentação que lhes mostrem, esses guias de atrações estão interessados em ganhar um bom dinheiro. Vimos um guia desses com um casal e decidimos acompanhar de perto, então percebemos que ele não falava praticamente nada sobre a história do local e ficava apenas apontando para alguns hieróglifos e falando que ela tinha um pássaro, um olho, etc.  

Portanto, se quiser um guia egiptólogo para lhe falar sobre as questões históricas e fatos sobre as atrações, faça uma reserva com antecedência e compareça ao local acertado. Não contrate alguém de última hora sem saber se o serviço será bom mesmo. Ainda mais sem ter noção do preço cobrado.

Indicações dos guia

Templo de Luxor no Egito
Templo de Luxor

Mesmo falando de fazer um passeio com guia, você não está livre de golpes no Egito. Aqui eu não estou querendo falar que o guia ou motorista particular vai te dar um golpe, mas vale ficar atento aos locais que eles vão te levar, como um restaurante que custa três vezes mais caro que o normal, pois ele vai ganhar uma porcentagem da conta, ou uma loja de presentes. 

Nosso motorista em Luxor, nos levou a uma loja de souvenirs de pedra e mesmo falando que não tinha interesse em comprar nada ele disse que iria fazer uma parada breve. Ao chegar na loja, também falamos que não queríamos nada, mas o vendedor insistiu e nos mostrou o processo para fazer cada peça e tantos outros detalhes. 

Depois de tudo isso, acabamos comprando uma coisinha barata, só para “pagar o tempo dispensado”. Ainda nos pediram gorjetas e tantas outras coisas e acabamos ficando super sem graça com tudo que aconteceu. 

Fotos e vídeos em locais proibidos

Esse tipo de golpe no Egito acontece demais, pois muita gente acha que o jeitinho brasileiro resolve tudo. Para você entender melhor, esse tipo de golpe acontece quando você entra em um dos pontos turísticos do Cairo como um museu, por exemplo, que tem uma placa ou foi avisado que é proibido tirar fotos ou fazer vídeos. 

Então vem um segurança do local, vê você curioso e fala que você pode tirar fotos tranquilamente, só basta pagar uma taxa para ele. Acontece que você pode pagar a taxa ou gorjeta para ele e depois ter que pagar a multa por ter feito o que não era permitido no local. 

Preço do táxi

Os taxistas no Egito cobram preços absurdos por uma corrida quando percebem que você é turista. Você pode negociar o valor antes de entrar no carro, perguntando sempre em detalhes a moeda e a rota que será feita. Você também pode usar os aplicativos e pegar o carro com valor fixo para não ter problemas. 

Outra opção é contratar motorista particular para ir onde desejar, durante um dia completo, assim como contratar serviços de transfer na chegada e saída do hotel e aeroporto. Quando chegamos no aeroporto de Luxor, logo vieram dois taxistas correndo em nossa direção nos abordando para oferecer serviço de táxi, mas achamos bem caro e mesmo tentando negociar, o preço não reduzia. 

Resolvemos ligar para uma companhia de táxi, mas antes de sair do aeroporto a polícia nos impediu. Dois taxistas do aeroporto estavam alegando que eram os primeiros da fila e teríamos que usar o táxi deles e por isso chamaram a polícia. Depois de muita confusão e conversa, conseguimos contratar o transfer do hotel e só saímos de lá assim. 

Recomendações finais

Trânsito no Egito
Trânsito no Egito

O Egito, no geral, é um país humilde e com a queda do turismo local é comum o povo se esforçar para conseguir te vender qualquer coisa. Portanto, tenha paciência e tome cuidado com as pessoas que vão tentar ganhar algo em cima de você e estão sendo muito boazinhas.

Nós recomendamos a visita e queremos viajar para o Egito novamente, mesmo depois de tantos acontecimentos, pois sabemos que poderia ser em qualquer lugar. Viajantes são furtados em países desenvolvidos da Europa, assim como em outros países pelo mundo. Isso é normal, só que no Egito o assédio é bem maior.

Acreditamos que existem mais pessoas boas do que ruins pelo mundo e tivemos provas disso!

Seguro viagem Egito

O seguro viagem não é obrigatório para entrar no Egito, mas sabemos que é importante contratar um bom seguro em todas as aventuras pelo mundo. Em uma viagem pelo Egito é mais importante ainda, pois é bem fácil contrair uma infecção intestinal, pois a comida pode ser manuseada de forma errada e os temperos são diferentes, por exemplo.

A cobertura de um seguro também se estende a casos de imprevistos como extravio de malas e atrasos na viagem, por exemplo. Em todos os casos, é melhor prevenir do que remediar! Sendo assim, recomendamos contratar seu seguro viagem com nossa parceira Seguros Promo, que é de confiança e faz a seleção das melhores seguradoras.

Clique no botão abaixo e faça um orçamento sem compromisso. Veja as seguradoras, coberturas, preços e ganhe 15% de desconto utilizando o código VIAJELEVE15.

Perguntas frequentes

Quais os golpes contra turistas no Egito?

Os golpes no Egito que acontecem com os turistas estão sempre relacionados a dinheiro e podem ser por preços bem mais altos do que o normal. Veja mais informações.

Como evitar golpes no Egito?

Comprar ingresso em quiosques oficiais, fazer passeios com guias credenciados e renomados, perguntar preços e moeda cobrada, por exemplo.Veja mais informações.

É seguro viajar para o Egito?

Sim! Apesar do país ter passado por diversos conflitos, é seguro viajar pelo Egito. Veja mais informações.

Quais os perigos do Egito?

Os maiores perigos são em relação aos golpes contra turistas relacionados a preços exorbitantes e taxas. Veja mais informações

Passeios no Egito

Agora que você já sabe tudo sobre a segurança e as dicas sobre os golpes no Egito que são recorrentes, é hora de programar sua viagem! E para ter mais segurança e viajar tranquilo, queremos te dar uma ajuda extra indicando passeios pelo país dos faraós. Com esses passeios você irá aproveitar a cidade com mais conforto, agilidade e segurança, sem cair em golpes.

Leia também

Inscreva-se
Notifique-me
guest
10 Comentários
Mais velhos
Mais novos Mais votados
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Rafael
Rafael
7 anos atrás

Rpz pegar um hotel com diária a 3 euros , vamos ver se na próxima abre a mão pra n passar tanto perrengue.

nataliane
nataliane
7 anos atrás

Flavio vcs tiraram o visto aqui no brasil ou no aeroporto do Cairo??

Leoneide Cunha
Leoneide Cunha
7 anos atrás

Uffa!!! só em ler estou com medo do Jack!!!
Kkkk
Se cuidem!

DÉCIO MONTEIRO DE BARROS
DÉCIO MONTEIRO DE BARROS
7 anos atrás

– EU ESTIVE NO EGITO EM 2005, O EGITO É BONITO, QUERO DIZER A PARTE FARAÔNICA É GIGANTESCA, MAS INFELIZMENTE ACHO QUE ELES FORAM EMBORA NA MÁQUINA QUÂNTICA, EU ACREDITO NESSA ÚNICA HIPÓTESE POR MIM ACEITÁVEL, NINGUÉM CONSEGUE, SEM FALAR NAS PIRÂMIDES, TALHAR DIORITO EM VÁRIOS SENTIDOS, TRABALHAR E PINTAR NAS TUMBAS DOS VALES DOS REIS SEM AJUDA DE UMA ILUMINAÇÃO, COMO ELES FIZERAM ESSAS COISAS, MAS VEJA QUANDO EU FUI NÃO TINHA GUERRA É VERDADE, MAS EU FUI OBRIGADO A DAR GORJETA PARA O NAVIO NO RIO NILO, GORJETAS PARA VISITAR OS TEMPLOS E MINHA MALA QUANDO NA CHEGADA… Read more »

DECIO MONTEIRO DE BARROS
DECIO MONTEIRO DE BARROS
7 anos atrás

– OBRIGADO FLÁVIO, SÓ DEU PARA VER SUA RESPOSTA HOJE DIA 08.11.2016, É QUE ENTREI NO GOOGLE E APARECEU MEU COMENTÁRIO ANTERIOR, AMBOS SABEMOS QUE O EGITO É LINDO MAS PELO QUE VC. DISSE ACHO QUE DA ÉPOCA QUE EU FUI E A QUE VC. FOI AS COISAS PIORARAM MUITO, DÁ CERTO MEDO EM VOLTAR, NESTES DIAS EU VI PELA INTERNET QUE FORAM ACHADOS OS CORPOS DOS 4 TURISTAS QUE ESTAVAM DESAPARECIDOS, ACHO QUE TURCOS NÃO TENHO CERTEZA, NO EGITO EM UMA VALA COMUM, CREIO QUE ELES NÃO MERECIAM ISSO, FIQUEI SABENDO TAMBÉM QUE O GOVERNO DO EGITO MANDOU REFORMAR… Read more »

DECIO MONTEIRO DE BARROS
DECIO MONTEIRO DE BARROS
7 anos atrás

COMPLETANDO: PESQUISEI E OS TURISTAS MORTOS ERAM MEXICANOS; QUANTO A VC. SER MOCHILEIRO NA VERDADE EU NÃO SOU NA VIDA REAL MAS MEU ESPIRITO É TOTALMENTE MOCHILEIRO, NA VIDA REAL SOU SEMI MOCHILEIRO E CONSEGUI VIAJAR UM POUCO PARA OS E.U.A., CANADÁ, FRANÇA, ITÁLIA, ESPANHA, PRINCIPADO DE ANDORA; EGITO; CHINA; PELO BRASIL, ARGENTINA, URUGUAI, SUIÇA, PORTUGAL, REPUBLICA DOMINICANA U.K., IRLANDA, PAIS DE GALES, TEM OUTROS MAS ESQUECI NO MOMENTO; QUANTO AO EGITO ACHO MUITO SIMPLES O QUE OCORREU DE IMPOSSÍVEL POR LÁ EM CERTA ÉPOCA FARAÔNICA, MAS OBSERVEI QUE TUDO DE MUITO GRANDE E IMPOSSÍVEL ACONTECEU ATRAVÉS DO SACERDOTE IMHOTEP… Read more »

Emilison
Emilison
1 ano atrás

Cheguei de Luxor ontem e não tive problemas. O esquema é não ficar dependendo de guias ou agências. Faço tudo sozinho por aqui. Com aplicativos hospedagem e um GPS não precisa de guia ou agência para nada. Já estou há 15 dias passeando por Israel, Jordânia e agora Egito.

Andressa Silva
Admin
1 ano atrás
Responder para  Emilison

Oi Emilison, que bom que deu tudo certo.
Abraços!

Estamos viajando pelo mundo desde 2015 e mostrando tudo para vocês aqui no Viaje Leve. Quer conhecer o mundo de uma forma diferente? Vem com a gente que te mostramos!

Sobre o Blog

Brasil

ViajeLeve.net © 2015 – 2023. Todos os direitos reservados.

Nós utilizamos Cookies para melhorar sua navegação pelo blog. Ok, tudo bem O que é Cookie?

10
0
Vamos conversar? Deixe seu comentário!x